Imagem de 2013 mostra como a vegetação já havia tomado a Estrada do Colono
Imagem de 2013 mostra como a vegetação já havia tomado a Estrada do Colono| Foto: Christian Rizzi/Arquivo/Gazeta do Povo

Em sua rápida visita à região Oeste do Paraná na quinta-feira (23), o presidente Jair Bolsonaro deu ao projeto de abertura da Estrada do Colono o apoio que pode ser fundamental para sua aprovação. A declaração veio após o presidente ter dado uma carona no avião presidencial ao deputado Nelsi Coguetto, o Vermelho (PSD), autor da proposta mais recente que tenta reabrir a estrada que rasga 17 quilômetros de mata dentro do Parque Nacional do Iguaçu. A caminho de Cascavel, Vermelho convenceu Bolsonaro.

“Na ida [a Cascavel] foram meia dúzia de parlamentares conosco, entre eles o deputado Vermelho. E foi tratado da Estrada Parque Caminho do Colono, que fica dentro do Parque Nacional do Iguaçu [...] Da nossa parte já conversamos com o ministro Ricardo Salles [Meio Ambiente] e tem também a questão da licença estadual que parece estar bem adiantada lá com o governador Ratinho Junior.  Então, se Deus quiser, brevemente teremos essa estrada aberta”, afirmou o presidente em um vídeo gravado após a visita ao Paraná.

ENTENDA: Pressão de deputados do Paraná ameaça reduzir parques nacionais no estado

Como a reabertura da estrada precisa de aprovação do Congresso Nacional, o apoio de Bolsonaro deve ajudar a tramitação da proposta, que já foi aprovada pela comissão de Viação e Transportes da Câmara e aguarda análise da Comissão de Meio Ambiente. Se aprovado no colegiado, o texto vai direto ao Senado, sem a necessidade de apreciação em plenário porque tramita nas comissões em caráter terminativo.

Em entrevista à Rádio Cultura, de Foz do Iguaçu, Vermelho deu detalhes sobre a conversa com o presidente.

“Foi uma boa conversa. Eu levei um material, mostrei ao presidente durante o voo a questão histórica da Estrada do Colono, da sua existência antes do Parque Nacional. Comparei a estrada com outras e o presidente foi aos poucos assimilando bem essa ideia, essa conversa. Tive a oportunidade de ter outros colegas que ajudaram no convencimento. E foi rápido. O presidente entendeu e disse que era a favor desde houvesse a preservação do meio ambiente”, disse Vermelho.

LEIA MAIS: Seis deputados paranaenses votaram pela retirada do Coaf da Justiça. Veja lista

Desde que a Estrada do Colono foi fechada, há 16 anos, foram feitas diversas tentativas de reabertura por via judicial e legislativa. Na Câmara, o ex-deputado Assis do Couto protocolou na legislatura anterior proposta semelhante à de Vermelho: a alteração do Sistema Nacional de Unidades de Conservação para a criar o conceito de estrada-parque.

A proposta anterior não prosperou, mas com o apoio de Bolsonaro e do senador Alvaro Dias (Podemos), que deverá apadrinhar a proposta assim que ela for aprovada na Câmara, a abertura da estrada, que hoje já está quase toda tomada pela mata que se regenerou nos último 16 anos, tem maior possibilidade de ser aprovada no Congresso Nacional.

Acompanhe o blog no Twitter.

31 COMENTÁRIOSDeixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]