i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?

Leonardo Coutinho

Foto de perfil de Leonardo Coutinho
Ver perfil

Brasil, América Latina, mundo (não necessariamente nesta ordem)

EUA-Brasil

Joe Biden quer salvar a Amazônia. Que tal ele começar pelos amazônidas?

  • Leonardo CoutinhoPor Leonardo Coutinho
  • 22/01/2021 18:44
O então presidente eleito dos EUA, Joe Biden, discursa em Wilmington, Delaware, 14 de janeiro
O então presidente eleito dos EUA, Joe Biden, discursa em Wilmington, Delaware, 14 de janeiro| Foto: JIM WATSON / AFP

A Amazônia foi equivocadamente chamada, nos anos de 1980, de pulmão do mundo. Hoje, o mundo assiste o terror das mortes de pacientes de Covid-19 por falta de oxigênio, nos hospitais de Manaus. Embora não exista relação alguma entre o tal ar puro que muita gente pensa que a Amazônia provê e o gás que está faltando nos hospitais, os cerca 30 milhões de pessoas que vivem na região paradoxalmente pagam uma dura conta por viverem em lugar exuberante, mal compreendido e abandonado.

As pessoas que estão morrendo por falta de oxigênio em Manaus e em outras cidades amazônicas não estão sendo sufocadas pela perda da capacidade respiratória provocada pelo coronavírus, apenas. Morrem por serem amazônidas. Por terem crescido e vivido em uma região que colecionas alguns dos piores indicadores do país.

Para a maioria absoluta de quem vive na Amazônia, a experiência é a mais pura antítese do paraíso.

Mas não deveria ser assim. A questão é que o perseguido desenvolvimento sustentável esbarrou em visões conservacionistas que ou ignoravam os seres humanos presentes ali, ou os via como intrusos que deveriam ser quase que castigados por um dia terem se assentado na região.

Quando o homem amazônico passou a ser considerado como uma peça importante na equação preservação + desenvolvimento, a população recebeu uma sentença quase capital. A condenação ao extrativismo. Como se açaí, pirarucu, castanha-do-pará e óleos naturais fossem capazes de gerar riqueza em escala suficiente para manter o bem-estar das pessoas e a floresta em pé.

Joe Biden quer salvar a Amazônia porque alguém contou para ele que a floresta retira da atmosfera mais carbono que os Estados Unidos inteiro são capazes de emitir. Um sorvedouro de gases estufa tão poderoso capaz de compensar emissões colossais como as americanas. Um equívoco que muita gente insiste em fazer prosperar. A mesma Amazônia que limpa, suja o ar. Limpa novamente, para depois voltar a sujar. Em um constante equilíbrio que faz aquela floresta ser um dos lugares mais excepcionais do planeta.

As queimadas e o desmatamento ameaçam este balanço. As emissões geradas pela queima e a perda da cobertura florestal empurram a floresta para uma conta em que a saúde do planeta sairá perdendo. Esse é o risco real. Mas essa chatice sobre o ciclo do carbono na Amazônia pouco importa para o que o novo presidente dos EUA quer fazer e amazônidas e a floresta realmente parecem precisar.

Biden trabalhará para montar um fundo – mais um por sinal – para arrecadar alguns bilhões de dólares para fazer pressão pelo fim da destruição a floresta. Parece uma boa ideia, mas é mais uma âncora para o desenvolvimento da região e um cosmético que promete preservação.

Executivos de ONGs adoram fundos. São uma extraordinária fonte de projetos lindamente bem desenhados que garante bons salários e consciência limpinha para muita gente. Mas objetivamente. Bem objetivamente. O que tem mudado na vida de quem realmente depende da floresta para viver ou vive nas cidades amazônicas coalhadas de favelas, sem saneamento básico e com crises de abastecimento de energia e, acredite, de água potável. Nada. Ou quase nada.

Biden quer salvar a Amazônia. Acho que ele deveria começar salvando quem vive na floresta em suas cidades. E a saída para o futuro sustentável da Amazônia não passa exclusivamente por catadores de coquinhos e seringueiros.

Há quem queira passar o resto da vida nessas condições e esses devem ser respeitados e estimulados nessas atividades tradicionais. Mas colocar nas costas deles o peso de proteger e desenvolver uma região de dimensões e desafios superlativos é uma engano que já deveria ter sido abandonado.

O que Biden, Jair Bolsonaro e quem tem poder de planejar ações efetivas para o futuro de quem corre o risco de morrer por falta de oxigênio, malária, picadas de cobras, por falta de leitos ou vítima da violência explosiva daquela região precisa considerar pelo menos dois fatores. 1) Ninguém destrói a floresta por satisfação pessoal. Dá trabalho. Custa dinheiro. Cada árvores que cai é para virar dinheiro. Em muitos casos alimento, remédio, combustível para atravessar as longas distância para poder sacar o cartão do Bolsa Família. Coisas simples, como ir ao banco do outro lado da rua, na Amazônia podem se transformar em uma atividade onerosa e demorada.

No lugar de um fundo, Biden poderia incentivar uma massiva transferência de indústrias limpas para a região. O governo brasileiro ao invés de espernear deveria criar as condições de infraestrutura e fiscais para tornar atraente a chegada de empresas sem chaminés que estimulariam a melhoria das cidades, gerariam impostos, movimentariam o comércio, criariam empregos que tirem o foco e peso sobre a floresta.

A Intel, por exemplo, que por meio da fundação de seu criador Gordon Moore destina milhões e milhões de dólares para projetos fofos na Amazônia, poderia produzir parte de seus processadores na região. O mesmo se aplica a HP, Apple e outros gigantes da tecnologia poderiam usufruir da fartura de energia que existe na Amazônia e da proximidade com o mercado americano e europeu, por exemplo carregando a marca de “Produzido na Amazônia”. Mas preferem montar seus produtos na China. As razões são várias. Mão-de-obra barata, nenhuma lei trabalhista, ausência de sindicatos e uma série de outras vantagens que só uma ditadura pode oferecer.

Mas todos querem ver a Amazônia preservada. Mas ninguém quer se mexer por isso. Assumir os custos disso.

Biden quer mesmo fazer algo. Os sinais são claros de que ele fará algo e em breve. A fila de gente com ideias antigas e rentáveis é enorme. E há grandes chances de que ele caia na velha arapuca de fundos e outros paliativos que trouxeram a Amazônia do mesmo jeito até agora.

O Brasil tem a chance de tirar proveito. A Amazônia não precisa de mais um fundo para ficar ditando regras. A maior floresta tropical do planeta, lar de mais de quase 30 milhões de brasileiros precisa de uma mudança de fundo. Um câmbio na sua matriz econômica e na sua relação com o mundo. Os o Brasil e os amazônidas não precisam de tutela, mas de qualidade de vida que só virá com protagonismo.

32 COMENTÁRIOSDeixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 32 ]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.

  • J

    JOAQUIM DIAS

    ± 0 minutos

    A Amazônia é linda. Defendê-la é mais lindo ainda. O problema é a política cosmética e a falta de atitudes que realmente façam a diferença. Não importa se Biden ou Bolsonaro, se Merkel ou Macron. A questão básica é fazer e bem feito, é colocar o povo amazonense em primeiro lugar, é criar condições de desenvolvimento, de educação, de tecnologia acessível. Muita prova e pouca ação só é bonito em discurso de ONG.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • J

      José Roberto Cortopassi de Oliveira

      ± 15 minutos

      Caro Leonardo, independente dos problemas ortográficos, parece que você leu meus pensamentos a respeito. Moro em Manaus e sempre reclamei do nosso isolamento. E olhe que eu moro na capital! O meu pensamento é integrar completamente a Amazônia ao resto do país. Rodovias, ferrovias, criação de cidades, movimentação da economia. A Zona Franca não atingiu o objetivo em mais de 50 anos de existência. Continuamos com os piores índices de desenvolvimento do país. A hipocrisia em torno da floresta nos manteve parados. Como voce disse, por quê as indústrias de componentes não vêm produzir aqui? Outro bando de hipocritas que dão preferência para um país fechado, controlador e poluidor. Hipocrisia.

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

      • C

        Claudia Aguiar de Siqueira

        ± 29 minutos

        Artigo cheio de ótimas ideias, mas muito mal escrito. Fora do padrão GP. Teria que passar por uma revisão.

        Denunciar abuso

        A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

        Qual é o problema nesse comentário?

        Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

        Confira os Termos de Uso

        • J

          jose carlos dos santos

          ± 4 horas

          Quanto mais interferencia estrangeira no Amazonas, maior as chances de ficarmos em breve sem ela! Desde FHC muito da Amazonia já foi vendida a outras nações! A exploração de seu solo, por Industrias Quimicas internacionais é enorme, mas, as queimadas abrem espaço na floresta para poder ser vista o movimento (via satélite) destas retiradas de riquezas de nosso solo.

          Denunciar abuso

          A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

          Qual é o problema nesse comentário?

          Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

          Confira os Termos de Uso

          • A

            Aldemar

            ± 5 horas

            Os governos brasileiros tem sido em grande parte os responsáveis pelo problema. Implantam projetos faraônicos (Monte Belo, por exemplo) que levam dezenas de milhares de trabalhadores e famílias para a região e que ao término do projeto ficam à própria sorte, tornando-se garimpeiros ou madeireiros. Não é à-toa que Altamira tem uma das maiores taxas de criminalidade do Brasil.

            Denunciar abuso

            A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

            Qual é o problema nesse comentário?

            Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

            Confira os Termos de Uso

            • R

              Raul

              24/01/2021 15:29:26

              Mais um insistindo num erro de 1957. A Amazônia é o poir lugar possível do Brasil para estimular a criação de indústrias, por razões logísticas óbvias. A Zona Franca deveria estar próxima aos centros consumidores, e não perdida no meio do mato.

              Denunciar abuso

              A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

              Qual é o problema nesse comentário?

              Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

              Confira os Termos de Uso

              • L

                Luiz Augusto

                23/01/2021 23:08:33

                Gostei do artigo. Entende o problema . E sabe que as alternativas até aqui apresentadas não funcionam. Mas lamentavelmente não apresenta a agropecuária, diga-se, praticada com bons indices de produtividade, como uma possibilidade. Seria interessante o articulista se aprofundar no assunto.

                Denunciar abuso

                A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

                Qual é o problema nesse comentário?

                Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

                Confira os Termos de Uso

                • C

                  CIBELE DE OLIVEIRA

                  23/01/2021 21:46:35

                  Coutinho sempre sensato!

                  Denunciar abuso

                  A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

                  Qual é o problema nesse comentário?

                  Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

                  Confira os Termos de Uso

                  • A

                    Adhemar Ricardo Harada Ferreira

                    23/01/2021 20:56:31

                    Até que enfim um artigo equilibrado sobre a Amazônia. Gostaria de saber o que fazem as 15.900 ONGs na Amazônia. Alguém do Governo Federal precisa auditar isso. Questão de Segurança Nacional. Urgentemente!

                    Denunciar abuso

                    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

                    Qual é o problema nesse comentário?

                    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

                    Confira os Termos de Uso

                    • L

                      Leonardo Hoehne Polato

                      23/01/2021 19:40:17

                      Irretocável. As vezes, alguém precisa dizer as verdades.

                      Denunciar abuso

                      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

                      Qual é o problema nesse comentário?

                      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

                      Confira os Termos de Uso

                      • I

                        Izio Machado

                        23/01/2021 19:38:45

                        Pois apesar do bem elaborado pensamento, o Biden vai mesmo querer salvar a Amazônia. Nada tira de minha cética cabeça que na verdade aquela região já foi, desde FHC, vendida aos europeus, e outros socialistas mundo afora. O Bolsonaro é que não entrega e com razão.

                        Denunciar abuso

                        A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

                        Qual é o problema nesse comentário?

                        Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

                        Confira os Termos de Uso

                        • L

                          LSB

                          23/01/2021 18:49:52

                          Muito bom o artigo. Venho batendo nesta “tecla” em vários comentários aqui na Gazeta (creio que até em artigos seus). Mais serei um pouco mais “realista”: além das limitações expostas no artigo (não ser possível viver de pescar artesanalmente, fazer artesanato e colher “coquinho” na floresta), as sugestões apresentadas também carecem de viabilidade prática! (1) A ZFM está há 50 anos subsidiando a indústria e não vai para frente (e querem mais 50 anos) - e trata-se de indústria tradicional com mercado garantido (e não inovações que trazem grandes riscos: poda dar certo, mas pode não dar); (2) energia em abundância? Só se usinas e linhas de transmissão forem construídas na floresta (continua)

                          Denunciar abuso

                          A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

                          Qual é o problema nesse comentário?

                          Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

                          Confira os Termos de Uso

                          3 Respostas
                          • L

                            LSB

                            23/01/2021 18:40:38

                            P/ concluir: penso q p/ desenvolver a AM de fato, o “plano” tem q ser mais tradicional mesmo: mapear um % da floresta q seria leiloado/concedido/vendido a empreendedores visando atividades mais básicas: mineração, madeira/reflorestamento, agricultura/pecuária... bem planejado (mapeando corretamente a aptidão de cada localidade), poderíamos traçar um plano q disponibilizaria - ao longo de 60/80 anos - uns 20/25% da AM remanescente, garantindo assim, no mínimo (pois ao longos dos 60/80 anos poderia-se mudar E haveria REFLORESTAMENTO) 75/80% da AM atual (q ainda assim representaria uns 60/65% da AM original qdo o plano fosse concluído em 60/80 anos). Isso seria “suficiente” p/ desenvolver a AM.

                            Denunciar abuso

                            A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

                            Qual é o problema nesse comentário?

                            Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

                            Confira os Termos de Uso

                          • L

                            LSB

                            23/01/2021 18:51:59

                            Para qq indústria “limpa e sustentável” que explore os recursos da floresta é mais fácil manter na AM só um alojamento e meia dúzia de estagiários que catem plantinhas e florzinhas que serão estudadas, evidentemente, em laboratórios localizados em grandes centros (que tb abrigarão a produção dos bens derivados dos produtos amazônicos). Na melhor das hipóteses, alguma produção agrícola/florestal restará na região (a indústria, ou boa parte dela - principalmente a de maior tecnologia-, não); (4) Turismo! Além de depender de capacitação (inclusive em línguas estrangeiras), infraestrutura e transporte de primeira, para ser “motor” de desenvolvimento precisa receber muito mais turistas que Paris.

                            Denunciar abuso

                            A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

                            Qual é o problema nesse comentário?

                            Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

                            Confira os Termos de Uso

                          • L

                            LSB

                            23/01/2021 18:15:50

                            ... e há enormes resistências a tais empreendimentos (estão lá os sistemas isolados funcionando a base de combustível e falhando constantemente); (3) indústrias limpas e de alta tecnologia??? Não viaja, “brow”! Tais indústrias necessitam de mão de obra altamente capacitada, infraestrutura de primeira, conexões com o mundo todo, etc etc etc... nada disso há lá... e tem a distância/logística!!! Sim, não faz o menor sentido ir produzir tão longe se, da fato, não for compensado em energia barata, subsídios fiscais, MO barata e altamente CAPACITADA, infraestrutura logística excelente, etc.... (continua)

                            Denunciar abuso

                            A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

                            Qual é o problema nesse comentário?

                            Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

                            Confira os Termos de Uso

                        • J

                          JOSIL

                          23/01/2021 17:07:30

                          Ótimo artigo, ótimas sugestões! O comentarista poderia dar um jeito de levar essas ideias à Embaixada Americana; igualmente, poderia buscar propagá-las na América e Europa. Quem sabe, buscar o Ministério do Meio Ambiente e sugerir essa linha de ideias, para o nosso governo propagandear pelo planeta? Convidar visitas de embaixadores de forma permanente à Amazônia; montar uma representação do Ministério na região com a finalidade de receber, orientar e encaminhar quem de fato deseja conhecer a realidade de lá. TER UM AVIÃO, HELICÓPTERO DO GOVERNO, OU DA FAB, POR LÁ PERMANENTE, PARA SERVIR AOS ESTRANGEIROS FORMADORES DE OPINIÃO, SERIA BEM VINDO!

                          Denunciar abuso

                          A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

                          Qual é o problema nesse comentário?

                          Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

                          Confira os Termos de Uso

                          • D

                            Dimas Rodrigues Pinheiro

                            23/01/2021 16:23:48

                            Interessante. Podia-se criar incentivos para empresas mudarem produção da China. Com isso o mundo deixaria de ficar à mercê da chantagem de uma ditadura na produção de insumos essenciais, como se vê hoje. Uma "historinha": vi pessoalmente a dificuldade de implantação de um polo industrial lá nos anos 80. Extrema dificuldade de contratação de mão de obra. O presidente de uma delas me explicou, já que os botecos estavam cheios de desocupados jogando baralho: "essa gente não quer ficar 10 horas em uma fábrica para ganhar 1, 2 salários mínimos. Preferem passar meia hora no rio pescando. Pegam 2 peixes: vende um e come o outro". Não é preconceito nem descriminação. Há que mudar essa cultura

                            Denunciar abuso

                            A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

                            Qual é o problema nesse comentário?

                            Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

                            Confira os Termos de Uso

                            • T

                              Taiguara

                              23/01/2021 16:16:46

                              Ótimo artigo fugindo do demagógico e catastrófico discurso politicamente correto do "Amazonas em chamas".

                              Denunciar abuso

                              A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

                              Qual é o problema nesse comentário?

                              Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

                              Confira os Termos de Uso

                              • L

                                Luiz

                                23/01/2021 15:23:49

                                Pois é Coutinho, é não é exatamente isso que prega o tão demonizado Min, do Meio Ambiente? Desenvolvimento sustentável.Só assim teremos o fim da pobreza na região e a consequente melhora de vida da população. O ribeirinho só deixara o extrativismo, com a melhora de seu meio de vida. Como? Sabendo explorar as riquezas infindáveis daquela região. O mateiro não cortará mais árvores e vendê-las p/ poder comarpr comida para sua casa. Simples assim.

                                Denunciar abuso

                                A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

                                Qual é o problema nesse comentário?

                                Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

                                Confira os Termos de Uso

                                • E

                                  Edivaldo S

                                  23/01/2021 14:48:38

                                  Texto esclarecedor...

                                  Denunciar abuso

                                  A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

                                  Qual é o problema nesse comentário?

                                  Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

                                  Confira os Termos de Uso

                                  • R

                                    Renata de Paula Xavier Moro

                                    23/01/2021 14:26:21

                                    Que os ambientalistas e os esquerdóides não tão nem aí pros pobres de fato é coisa antiga (com exceção do Aldo Rebello e talvez alguns raros inteligentes). Porém, pra empregar pessoas e trazer riqueza atraindo empresas verdes e de tecnologia, é preciso mão de obra qualificada, coisa que é mercadoria MUITO rara no país. Sem cuidar a sério da educação, podemos esquecer qualquer perspectiva de melhoria em qualquer área. E não falo só de dinheiro, é gestão também.

                                    Denunciar abuso

                                    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

                                    Qual é o problema nesse comentário?

                                    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

                                    Confira os Termos de Uso

                                    • R

                                      Renata de Paula Xavier Moro

                                      23/01/2021 14:19:32

                                      Complementarmente, sugiro a leitura de uma notícia sobre a Klabin, que acaba de receber um financiamento a juro baixo em troca do cumprimento de metas verdes. Saiu no braziljournal, mas o site não permite a colagem do link aqui. É ambientalismo inteligente e produtivo.

                                      Denunciar abuso

                                      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

                                      Qual é o problema nesse comentário?

                                      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

                                      Confira os Termos de Uso

                                      • R

                                        Renata de Paula Xavier Moro

                                        23/01/2021 14:09:26

                                        Manda esse ótimo artigo pro tonto do Emanuel Macron também.

                                        Denunciar abuso

                                        A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

                                        Qual é o problema nesse comentário?

                                        Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

                                        Confira os Termos de Uso

                                        • S

                                          SERGIO RODRIGUES MARTINS

                                          23/01/2021 14:02:41

                                          Muito bom artigo que faz eco àquilo que cientistas sérios vêm dizendo há anos! Ricardo Salles, atual Ministro também foca muito nessa visão! O problema é que a esquerda é hipócrita e mau caráter. Para eles os amazônidas sequer existem!

                                          Denunciar abuso

                                          A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

                                          Qual é o problema nesse comentário?

                                          Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

                                          Confira os Termos de Uso

                                          • J

                                            João Martins Donizete

                                            23/01/2021 13:46:38

                                            Perfeito artigo. Só que não nos esqueçamos que Biden e a ideologia que ele representa vive na retórica. A própria questão (pulmão do mundo) do oxigênio lá produzido já é uma falácia. Se vier ajuda, com certeza virá com uma série de exigências exatamente ao contrário do descrito no artigo. Será uma esmola para que tudo fiquem do jeito que está. Sem desenvolvimento e povo de lá que se f#da. A esquerda não age por fatos concretos, só por narrativas, blá blá, mimimi e centralismo na mão de uns poucos que se julgam iluminados.

                                            Denunciar abuso

                                            A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

                                            Qual é o problema nesse comentário?

                                            Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

                                            Confira os Termos de Uso

                                            • E

                                              Eden Lopes Feldman

                                              23/01/2021 12:28:26

                                              Uma posição correta e coerente. Pena que os holofotes da mídia mundial não se encantam com soluções reais, mas com bravatas políticas dos chamados progressistas. E a Amazônia dos demais vizinhos ? Alguém critica com o mesmo nível que a brasileira?

                                              Denunciar abuso

                                              A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

                                              Qual é o problema nesse comentário?

                                              Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

                                              Confira os Termos de Uso

                                              • J

                                                Jorge Gab

                                                23/01/2021 12:24:29

                                                Só lembrando que uma das razões da Zona Franca de Manaus existir é esta, e para isso existem uma série de incentivos e de isenções tributárias, mas as empresas sempre querem mais e, quando não conseguem, abandonam a ZFM (ou nem se instalam); o foco é sempre o lucro e neste quesito a China é imbatível, por isto ela carrega o título de maior poluidora do planeta, sem nenhuma consciência ambiental e nem por isto sofre qualquer critica ou sanções dos países que nos apontam o dedo, ao contrário. É uma demonstração de hipocrisia extrema, seja das empresas e países que nos atacam, seja pelos maus brasileiros, incluindo a maioria de nossa mídia que está entregue a interesses espúrios.

                                                Denunciar abuso

                                                A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

                                                Qual é o problema nesse comentário?

                                                Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

                                                Confira os Termos de Uso

                                                • P

                                                  Pedro Zanoni

                                                  23/01/2021 11:26:26

                                                  ONG para que ????

                                                  Denunciar abuso

                                                  A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

                                                  Qual é o problema nesse comentário?

                                                  Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

                                                  Confira os Termos de Uso

                                                  • M

                                                    Marco Polo

                                                    23/01/2021 10:33:54

                                                    Existe uma assunção, dada a doença da seita, de que quem é de esquerda é que entende o que é melhor para o mundo e em todos os campos do conhecimento humano. Tínhamos excelentes universidades ligadas ao meio ambiente, à produção animal e vegetal, estive numa delas. No entanto, a seita, necessita "matar" os verdadeiros técnicos no assunto para poder tentar fazer valer suas narrativas. O absurdo é tão grande que imaginam poder convencer que nós somos os primeiros a destruir nosso próprio ganha pão (meio ambiente)! É óbvio que se trata de uma loucura sob todos os aspectos, mas para os seguidores da seita mais infantilizados, a realidade não é real, mas tão somente o mundinho das fantasias!

                                                    Denunciar abuso

                                                    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

                                                    Qual é o problema nesse comentário?

                                                    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

                                                    Confira os Termos de Uso

                                                    • T

                                                      TIAGO SILVA

                                                      23/01/2021 7:07:15

                                                      Devemos recusar ajuda novamente, como fizemos com a Alemanha e com a Noruega. Nosso Gov e competente o suficiente.... Quem quer nos ajudar e inimigo.... mas qdo querem uma Base Do Exército Americano em plenas terras Brasileiras SEM NADA EM TROCA, como fizemos com o Trump.... ah isso pode.... eita colunista fraco

                                                      Denunciar abuso

                                                      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

                                                      Qual é o problema nesse comentário?

                                                      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

                                                      Confira os Termos de Uso

                                                      1 Respostas
                                                      • A

                                                        antiesquerdopata

                                                        23/01/2021 10:09:34

                                                        O que ele quis dizer é que não bastam recursos, tem que ver onde investe o recurso. E hoje o mais importante é investir no povo que mora lá para não precisar fazer extrativismo (derrubar a floresta) para sobreviver.Mas a ideologia só quer tirar vantagem.

                                                        Denunciar abuso

                                                        A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

                                                        Qual é o problema nesse comentário?

                                                        Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

                                                        Confira os Termos de Uso

                                                    • D

                                                      DENISSON HONORIO DA SILVA

                                                      23/01/2021 4:44:42

                                                      Esplêndido seu artigo. Mas existe o mundo real e o ideal. Imagine se um ONG como WFF aceitaria que migrassem empresas para Amazônia. Por muito menos aqui na divisa com Paraná e São Paulo, impediu-se um trecho de 40 km de duplicação,por cerca de 50 anos com milhares de vidas ceifadas. Centenas de ecoterroristas e defensores públicos impregnados da mais nefasta ideologia esquerdista fariam alarde se centenas de árvores fossem derrubadas sob alegação que apenas o extrativismo vegetal e ecoturismo podem ser utilizados. Sendo assim,somos fadados a viver na mais pura miséria naquela região. Sem estradas e hospitais. Alguém duvida que poderemos terminar a transamazônica ou construir uma ferrovia ?

                                                      Denunciar abuso

                                                      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

                                                      Qual é o problema nesse comentário?

                                                      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

                                                      Confira os Termos de Uso

                                                      Fim dos comentários.