Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
Borba Gato
Estátua do bandeirante Borba Gato, em São Paulo, foi atacada por vândalos.| Foto: Reprodução/Redes sociais

Olha ali um ataque à democracia! Bem na sua frente, e você não vê? Também, fica olhando para o lado errado, petrificado numa direção. É dali que você quer ver partir o ataque? Enquanto isso, do outro lado, é uma pancada atrás da outra. Você não quer saber, seu desejo o entrega à cegueira seletiva, a interpretações vagas, questionáveis. Seu desejo é ver a democracia atacada por quem, você jura, é fascista, nazista, destruidor da paz, da bondade, da fraternidade, é tudo de ruim. Você tem certeza de que viu, engana-se e tenta enganar. Ah, a liberdade, o que você procura é incompatível com ela, o que lhe resta é a ditadura do seu desejo leviano, equivocado, destruidor do que você diz defender.

“O amigo do amigo de meu pai” mandou censurar veículos de comunicação. Você não disse nada. E lá foi o STF bloquear e banir contas em redes sociais. Você achou o máximo. Consegue ver defesa da democracia também nisso? As redes sociais... Elas seriam libertadoras, mas você as quer aprisionadas, com um olhar censor como o seu, limitador, enviesado. Liberdade não se pode fatiar, eu já disse, você não ouviu. A audição também é seletiva. Então, tente ler em voz bem alta o que oferecem de absurdo, de ódio e dissimulação seus camaradas fascistas que se dizem antifascistas. Não vai adiantar, mas vale como exercício, vai que um milagre se estabelece.

“O amigo do amigo de meu pai” mandou censurar veículos de comunicação. Você não disse nada. E lá foi o STF bloquear e banir contas em redes sociais. Você achou o máximo. Consegue ver defesa da democracia também nisso?

Fatiaram processo de impeachment de presidente. Você, que é dado a interpretações mirabolantes das leis, do sentido de democracia, concordou. Abriram inquéritos ilegais. E você achou tudo normal. Mesmo que muitos juristas, constitucionalistas, procuradores, advogados tenham explicado bem explicadinho para você o tamanho do absurdo. De-mo-cra-ci-a, pode repetir silabadamente, não vai ser do seu jeito, só porque você quer... E o que você quer? Jornalista preso e denunciando tortura na cadeia? Deputado federal preso? Um bando quebrando tudo na rua, incendiando monumento, defendendo a ditadura do proletariado, desfraldando faixas e cartazes com a foice e o martelo? Que bela democracia a sua...

Tudo bem se dizem que vão “tomar o poder, que é diferente de vencer as eleições”. Tudo bem se tentam limpar a ficha criminal de alguém apaixonado por regimes ditatoriais, cujo partido comprou o Congresso, depenou estatais e continua pensando em se perpetuar no poder. Para você, está valendo. E é normal o Judiciário se intrometer nos outros poderes, pressionar o Legislativo para não aprovar uma PEC. Desnecessário modernizar nosso sistema de votação, dar a ele mais segurança, transparência... Você adora o presidente do TSE. Ele já disse em três línguas que o nosso sistema é, probablemente, probablement, probably, o melhor do mundo... Provavelmente, entenda, é um advérbio que não condiz com democracia, a verdadeira, que você faz questão de não ver no lado certo, não a que você finge ver no lado errado.

Conteúdo editado por:Marcio Antonio Campos
Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]