i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?

Luta Livre

Foto de perfil de Luta Livre
Ver perfil

UFC Brasília tem corte bizarro e lutador chutando árbitro

  • PorFernando Rudnick
  • 25/09/2016 03:53
Foto: Reprodução/Twitter
Foto: Reprodução/Twitter| Foto:
Foto: Reprodução/Twitter

Foto: Reprodução/Twitter

O americano Roy Nelson não ficou nada feliz com o árbitro John McCarthy, que mediou sua luta contra o brasileiro Antônio Pezão Silva no UFC Brasília.

O peso-pesado (até 120 kg) derrotou o adversário, seu amigo pessoal, por nocaute no segundo round. Porém, precisou desferir mais golpes do que julgava necessário.

Segundo Nelson, Pezão apagou após o primeiro golpe, mas McCarthy o orientou a continuar, pois considerou que a luta ainda não estava terminada. Contrariado, o lutador deu um chute nas costas do árbitro após o fim da luta.

“Eu sei o que é um nocaute. Eu nocauteio pessoas para viver”, disse o americano na coletiva de imprensa. “Sou amigo o Bigfoot, não queria causar mais dano a ele”, completou, tratando o chute como um “empurrão”.

Presidente do UFC no Brasil, Giovani Decker não quis comentar a situação e disse que a Comissão Atlética vai analisar o ocorrido.

 

***

Francisco Massaranduba derrotou Paul Felder no terceiro round de sua luta em Brasília. O lutador da Evolução Thai, no entanto, contou com a interferência do médico para chegar à sua sétima vitória seguida no UFC.

O americano tinha um enorme corte no supercílio e foi impedido de continuar por causa da gravidade da lesão. O presidente do UFC, Dana White, afirmou no Twitter que concordou com a decisão. Veja a imagem chocante abaixo.  

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 0 ]

Máximo 700 caracteres [0]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Termos de Uso.