i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?

Madeleine Lacsko

Foto de perfil de Madeleine Lacsko
Ver perfil

Reflexões sobre princípios e cidadania

Se não tiver vacina contra COVID, nunca mais teremos escola no Brasil?

Uma análise das prioridades do país que reabre botequins, shoppings e faz campeonatos de futebol sem nem pensar na volta da Educação.

  • Por Madeleine Lacsko
  • [11/09/2020] [12:18]
Se não tiver vacina contra COVID, nunca mais teremos escola no Brasil?
| Foto:

O Brasil continuará sendo o país do futuro enquanto a educação não for uma prioridade. Os fatos da pandemia comprovam que definitivamente não é. Nós, brasileiros, gostamos de colocar a culpa do sucateamento da educação nos nossos políticos. Por mais que seja interessantíssimo para a classe política manter o povo na maior ignorância possível, a maior parcela de culpa é nossa: fosse determinante para o sucesso político o empenho na educação, a atitude dos nossos governantes seria muito diferente. E quem determina o sucesso político deles somos nós.

A forma do brasileiro enfrentar a pandemia de COVID-19 não é diferente da nossa forma de viver: driblando regras. Não precisar cumprir nenhum tipo de regra é símbolo de status na nossa cultura e funciona na nossa convivência em sociedade, já que os discordantes não têm voz suficiente para alterar essa dinâmica. Ocorre que vírus não se comove com debate e dinâmica social, também não precisa de voz. Somos excelentes para arrumar desculpas e justificativas para todos os tipos de escorregadas e deslizes e, de pulinho em pulinho, chegamos a uma situação completamente aberrante.

Quais são as prioridades do Brasil? Em plena pandemia, os bares estão lotados, os bailes funk seguem a todo vapor, as praias cheias de gente no feriado, os shoppings abertos, os restaurantes abertos, as campanhas eleitorais nas ruas. As escolas continuam fechadas até que se descubra uma vacina. Suponhamos que não se descubra, não vai mais ter escola no Brasil? Esses adultos que vão a todos os outros lugares não têm contato com crianças? Precisamos ser adultos pelo menos agora.

No início da pandemia, quando ainda vivíamos um susto e os cientistas não sabiam nada sobre o vírus, os mais prudentes se recolheram. Os adolescentes de mais de 40 anos continuaram, tal qual os adolescentes reais das famílias, a chiar por "liberdade". Mas o fato é que até Gracyanne Barbosa cancelou a ida à academia, o que dá a medida da gravidade da situação. Seis meses depois, pessoas que fazem parte do grupo de risco, acusam academias de "gordofobia" porque as impedem de voltar a treinar. E as escolas continuam fechadas.

Fosse caso da minha imaginação, vocês teriam razão em dizer que é exagero. Trata-se de fato real. O Sesc Guarulhos está sendo acusado de "gordofobia" porque seguiu protocolos da OMS na reabertura da academia de ginástica. Depois de 5 meses, o Sesc reabriu algumas atividades, com muitos protocolos de segurança. Pessoas sabidamente de grupos de risco, como obesos e idosos, não podem fazer atividades presenciais e têm opções de atividades remotas. Duas usuárias reclamaram à imprensa que, por ter Índice de Massa Corporal acima de 30, foram impedidas de fazer atividades e isso seria "gordofobia". Uma delas reclama que o problema é a informação ter sido dada na frente de outras pessoas, o que a constrangeu. Provavelmente aquelas pessoas jamais saberiam que ela estava acima do peso, não fosse a informação sobre o IMC. A imprensa noticia isso, como se fosse uma reclamação legítima, com as escolas fechadas.

Ao falar sobre reabertura de escolas, é invariável que a ditadura da superficialidade me bombardeie com a pergunta: "você mandaria o seu filho à escola?". Meu pequeno burguês privilegiado de condomínio nunca perdeu um dia de aula porque temos condições de pagar por isso, por alimento, aulas extras, até aula de ginástica online e apoio psicológico. Eu gostaria de poder pagar para todas as crianças, inclusive para as que estão sem aula enquanto os adultos de casa vão ao bar, à praia, ao funk, ao shopping... Se, na Constituição, a infância é prioridade, na prática se atende quem grita mais alto.

Definitivamente crianças e mulheres não gritam mais alto no Brasil e estão perdendo décadas de avanços devido à fanfarronice, casuísmo e lacração no meio da pandemia. Se todos os serviços voltam a ser presenciais mas as escolas e creches não voltam a funcionar, onde vão ficar as crianças? A gente dá um pause e deixa em casa para dar play de novo quando volta do trabalho? Claro que não. A mãe acaba tendo de deixar o emprego. Segundo o IPEA, em pequisa atualizada a pedido do G1 durante a pandemia, a participação de mulheres no mercado de trabalho já caiu aos níveis que tínhamos nos anos 90. Perdemos em meses conquistas de décadas.

Há os catastrofistas que entendem que falar em reabertura de escolas é mandar crianças e professores para a morte certa. Imagino que todas as crianças e professores do Brasil estão seguramente blindados de contato com as multidões que saracoteiam livremente nos bares, festas e bailes por aí. Ou, sei lá, vai ver esse pessoal todo descobriu a vacina e não contou para a gente. Enquanto os otimistas à toda prova fazem o debate patético sobre obrigatoriedade de uma vacina que nem existe, a realidade precisa de atenção: não sabemos quando e nem se teremos uma vacina. Eu tenho esperança, torço, penso positivo e oro, mas políticas públicas não são feitas com pensamentos positivos, são feitas de fatos. O fato é que temos já algum conhecimento sobre o vírus, transmissão, prevenção e não temos vacina.

Hoje mesmo, uma decisão de um único juiz, no Rio de Janeiro, exige que haja vacina ou comprovação de zero risco de contágio para determinar a volta às aulas. Seria cômico se não fosse trágico. Sejamos realistas: há inúmeras doenças mais antigas para as quais não temos vacinas e nem perspectivas de conseguir uma. Vamos admitir que um ano letivo não fará diferença na vida das futuras gerações, damos 2020 por perdido. E 2021? E os próximos? O erro está em priorizar botequim no lugar de escola, em ceder a quem grita, de forma casuística, em vez de colocar a vida das famílias em primeiro lugar.

Em diversos outros países, a prioridade é o futuro da nação e o bem estar das famílias. Sim, há culturas que colocam esses valores à frente da esbórnia e do botequim. Não vou nem me concentrar nos asiáticos, que têm culturalmente um senso de coletividade e uma disciplina muito diferente da que nós vivenciamos. Adaptar métodos e princípios deles para a cultura latina não é tão simples. Hoje, a Reuters fez uma reportagem mostrando como está sendo feita a volta às aulas em vários países, como Bósnia, Irã, Espanha, França e Alemanha.

É inspirador ver pessoas que pensam nas crianças como prioridade, como o futuro do país. As escolas foram instituídas há séculos como meio para formar as gerações seguintes e promover laços entre diferentes grupos sociais e familiares, são parte importantíssima da formação do tecido social. No mundo todo, há pessoas fazendo todo tipo de tentativa para atender a infância sem colocar as crianças em risco, mesmo em países mais pobres que o nosso.

Embora o vídeo da Reuters esteja em inglês, é possível visualizar diferentes formas de lidar com a questão do contágio, de acordo com as diferentes culturas e condições sociais e financeiras. Há medidas de distanciamento e equipamentos especiais construídos em escolas europeias, que tiveram treinamento para professores e alunos. Já no Irã, por exemplo, onde não há tantos recursos à disposição, se está fazendo uma tentativa de aulas ao ar livre, com distanciamento e máscaras. Há tentativas também de dar pelo menos algumas aulas por semana, para não perder o vínculo com a escola.

O que nos separa desses países, basicamente, é o título de campeões mundiais da hipocrisia. Estamos fingindo que as crianças estão isoladas até agora só porque não vão a escola, sendo que a quase totalidade já não está isolada faz tempo. Crianças estão brincando nas ruas, indo às casas umas das outras, formando grupos de amigos em condomínios e tendo contato também com os adultos que se aventuram em toda a estrutura de divertimento que já foi reaberta. Admitimos que crianças tenham contato com o vírus desde que seja para satisfazer os prazeres dos adultos e que eles não precisem admitir publicamente que isso acontece, que são incapazes de proteger completamente as crianças.

A insegurança em mandar crianças para a escola vem da falta de seriedade e do excesso de lacração e mitagem do debate. Estamos no meio de uma pandemia, é preciso que as coisas funcionem, mas parece que no debate público brasileiro o importante é ter razão. Se nunca tivermos uma vacina, não teremos mais escola, é isso? Mas teremos botequim e baile funk, isso não se discute. É hora de parar o bate-boca, a fantasia de entender de epidemiologia e começar uma união nacional em nome da infância brasileira.

Já há muitas pessoas envolvidas de forma extremamente positiva nesse debate e nesses estudos, mas infelizmente são caladas pela estridência da cultura da superficialidade, disseminada pela imprensa e principalmente pelas redes sociais. Nossas crianças e o futuro do Brasil merecem mais que isso. Somos um país imenso e diverso, com capacidade de dar inúmeras soluções locais diferentes para as nossas crianças. É urgente começar. Sigamos os exemplos de quem já começou.

55 COMENTÁRIOSDeixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 55 ]

Máximo 700 caracteres [0]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Termos de Uso.

  • R

    Renata de Paula Xavier Moro

    ± 0 minutos

    De fato é um contrassenso e muita hipocrisia. Ou libera tudo com as devidas restrições de segurança, ou fecha tudo. Mas educação nunca foi mesmo prioridade. E não adianta querer culpar os políticos: eles refletem o que boa parte da sociedade é: encostada e burladora de regras, achando que o Estado tem de prover e resolver rudo.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • A

    Agajan Der Bedrossian

    ± 2 dias

    Enfim alguma lucidez neste momento de caos! Parabéns!

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • A

    Affonso Ferro

    ± 2 dias

    Excelente matéria, Madeleine! Reflete integralmente meu pensamento sobre o tema.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • R

    RUBENS SILVEIRA DE LIMA

    ± 3 dias

    Parabéns pelo artigo!! !! Muito lúcido.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • K

    Kátia Fraga

    ± 3 dias

    Tudo verdade, só não pode se esquecer dos professores pelegos que fazem de tudo para não retornar às aulas. Aqui em MG, o sindicato dos professores até acionaram a justiça para não serem obrigados a ir à escola gravarem as aulas, já que alegaram não ter computador, internet em casa. Infelizmente, boa parte dos professores são simplesmente funcionários públicos com especialização em grevistas e a quarentena só ampliou a greve.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • A

    Ana Cristina Tahan De Campos Netto De So

    ± 3 dias

    Excelente artigo. Falou tudo que eu penso. Parabéns!

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • D

    DENISSON HONORIO DA SILVA

    ± 4 dias

    O certo que houve uma politização da pandemia. Um ******* qualquer que fez a afirmação de que tem respeitar a ciência, proporcionou toda esta celeuma. Ou seja, impedir as crianças de irem à aulas com perguntas sem respostas, só traduz a nossa estupidez. Aliás, por que o Caetano e todas essas celebridades de esquerda não se manifestam. Não seria aquele refrão da música:a estupidez da américa católica como responsável do nosso atraso. Não é Caetano Veloso? Responda para nós?

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • R

    Raquel Momm

    ± 4 dias

    Parabéns pelo artigo!

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • R

    Robert alexander

    ± 4 dias

    Parabens pelo artigo. Algumas verdades que muitos se vitimizam a escutar!

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • P

    Paulo Henrique

    ± 4 dias

    É uma cretinice a manutenção das escolas fechadas. Parece que no Rio a Justiça do Trabalho - desserviço de Vargas - a pedido de ********** travestidos de professores, proibiu a reabertura das escolas que havia sido determinada.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • C

    Carlos Pinaffi

    ± 4 dias

    Excelente matéria Madeleine, obrigado! Infelizmente o discurso de prioridade da Educação em nosso país é pura conversa para inglês ver... Após 6 meses vivendo esta situação lamentável que o maldito vírus Chinês nos impôs , através de governadores e prefeitos metidos a tiranetes , vemos os pais enrolados com este discurso de seguir com escolas fechadas ... Não é possível, a conta vai chegar para nossas crianças lá na frente no futuro , com atraso de um ano em suas vidas , como se não bastasse o baixíssimo nível de nossas escolas E seguimos com a “ Pátria Educadora” no setor criada pela Dilma e comparsas , nada mudou ... Esta conta já cobra nossa sociedade hoje e será pior no futuro

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • M

    MARCIO ROGERIO DAVID

    ± 4 dias

    Obrigada pela lucidez, clareza e dados.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • J

    justo verissimo

    ± 4 dias

    Pergunta infantil.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • J

    Juliander Januario Placido

    ± 4 dias

    O problema da educação vai bem além da pandmia...Vale citar ai que a maioria dos professores são defensores ferrenhos da quarentena. estão amando receber por ficar em casa. Os alunos, a grande maioria também está amando não ter que ir pra escola. é por isso que não há barulho. Também é preciso repensar a ideia de que as mães ficarem em casa com os filhos é um retrocesso...Tem muita mãe ai que joga filho na creche pra passear com cachorro...

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • A

    Arys

    ± 4 dias

    Excelente artigo. Eu convivo muito com professores de educação infantil. Duas realidades: os que realmente são professores (minoria, infelizmente) sabem do dano que esta insanidade está causando e se esforça para o retorno; o resto ameaça com greve se houver retorno às aulas...?

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • R

    RENATO VOLPI JUNIOR

    ± 4 dias

    Perfeito o artigo. O mais difícil é fazer os professores públicos voltarem a trabalhar. A situação está muito cômoda para eles. Os governantes também não querem assumir qualquer responsabilidade. Só voltarão as escolas particulares. Estatização é bom?

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • D

    Dimas N

    ± 4 dias

    A primeira fase desta coluna começa com um equívoco monumental. A educação é uma prioridade, há um ótimo orçamento, a falha está no processo. O Estado Brasileiro não tem compromisso com desempenho e resultado, na média, não há gestão dos recursos. Perde-se tanfo neste quesito quanto com corrupção.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • F

    FERNANDO A. O. PRIETO

    ± 4 dias

    Infelizmente parece que não são só os políticos que não dão valor à Educação: o povo, também não dá sinais de que a preza! E se nunca houver uma vacina confiável e segura? Isso é possível - A AIDS está aí há 40 anos, o Ebola está aí, e não há vacina... Temos que voltar com TUDO (planejadamente e com precauções) O mais rápido possível - já perdemos muito tempo! Chega de apavoramento. Sem dúvida a COVID mata, mas as gripes mais comuns , se atingirem o público vulnerável e não forem acudidas a tempo, também matam, e ninguém propõe parar o mundo por causa delas.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • D

    Destemido

    ± 4 dias

    Isso é a maior estupidez jamais vista. Deixar as crianças em casa. Quando acabaremos com essa farsa mundial?????

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • J

    justo verissimo

    ± 4 dias

    Achei curioso a articulista dizer que seu filho nunca perdeu um dia de aula se as mesmas estão fechadas....rsrs

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    2 Respostas
    • M

      Meg Litton

      ± 4 dias

      Denise B: e deve ser PARTICULAR...

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

    • D

      Denise B

      ± 4 dias

      Minha neta assisti as aulas on line todos os dias, de 8h às 12h. Faz os trabalhos solicitados e as provas também. Vários colégios criaram plataformas específicas para que os alunos não deixassem de estudar. Provavelmente a escola do filho dela também tem essa dinâmica de aulas.

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • L

    LUCAS

    ± 4 dias

    Excelente artigo e ponto de vista. Parabéns Madeleine.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • D

    Dmcc

    ± 4 dias

    Triste ... mas escola aberta ou fechada nossa educação continuará ruim ... talvez por isso as pessoas não estejam ligando para isso!

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • G

    Gabriel Brandão de Abreu

    ± 4 dias

    Artigo perfeito! Falou as verdades deste país.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • P

    Paula A S

    ± 4 dias

    Perfeito Madeleine!!! Governantes perdidos com parte da população apavorada, trancada em casa com medo de sair!!! Tem que voltar sim, URGENTE!!! Há várias cidades q voltaram as aulas e não houve aumento de casos de COVID-19!

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • Q

    Quincas

    ± 5 dias

    Excelente artigo, em linha com àquela da Priscila Cruz desta semana. Para os servidores públicos nada mais cômodo continuar recebendo salários sem o mínimo de preocupação com as consequências dos jovens sem ensino. Sem plano B, sem planejamento mínimo para retomada gradual, sem nada mesmo. É o Brasil.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • V

    Valter Luiz Demenech

    ± 5 dias

    Excelente reflexão!!! Parabéns!!!

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • W

    Waldemir R T Melo

    ± 5 dias

    Ôôô Madá oi eu aqui!! Muito legal o que escreveu!! Barbaridade!!

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • D

    Dilbert

    ± 5 dias

    Muito bom! Temos realmente que tratar do tema como adultos, mas num país há muito sem Saude e sem Educação, é pouco provável que haja algum avanço nessa situação.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • N

    Neto

    ± 5 dias

    Hipocrisia. A molecada lotando os bares noturnos, todos sem máscara (pega mal), aí os casos aumentam e fecham o comércio. FECHEM OS BARES!!!!

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • M

    MARCUS VINICIUS TADEU PEREIRA

    ± 5 dias

    Muito bom!

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • E

    Eduardo Prestes

    ± 5 dias

    Cada um cuida de si, cada família cuida dos seus. Não cabe ao estado mandar na vida das pessoas como se fôssemos súditos ou subordinados. A escola que quiser voltar, que volte. Se algum pai não gostar, tire seu filho da escola e espere um ano ou a vacina. É errado impor as outros restrições amalucadas, sem qualquer base científica (como lockdown, quarentenas de saudáveis ou máscaras em locais abertos). Da minha vida cuido eu.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    1 Respostas
    • P

      Portugal

      ± 4 dias

      Gostei dessa proposta, volta as aulas e os pais que não quiserem que segurem seus filhos em casa e pronto.

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • N

    Neto

    ± 5 dias

    Sugiro que a jornalista prossiga nessa matéria mostrando a experiência de lugares do próprio Brasil que já voltaram às aulas, de forma gradativa e opcional e estão apresentando pouquíssimos casos. Isto deixaria os pais mais confiantes.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • N

    Neto

    ± 5 dias

    Ressalto que a jornalista admite que para muitas crianças o ano letivo (e talvez de infância) de 2020 está perdido. É preciso que todos façamos um pacto: com vacina ou sem vacina as escolas voltam, no mais tardar, em março de 2021.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • R

    Rodrigo

    ± 5 dias

    Ok, temos que encontrar maneira de voltar mas são coisas diferentes. Para academia, bar, praia, vai quem quer e fica o tempo que quiser. Ninguém leva falta, ninguém reprova. Escola é diferente, ambiente fechado, várias crianças respirando o mesmo ar por horas e o inevitável contato com seus familiares quando voltar para casa. Temos sim que discutir o retorno às aulas mas não é a mesma coisa que bar.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    3 Respostas
    • M

      Meg Litton

      ± 4 dias

      Rodrigo: RISCO você corre toda hora! Ficar nesta palha///çada para sempre não dá! Ninguém está na terra para ficar para semente!!!

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

    • R

      Rodrigo

      ± 4 dias

      Risco não é "sim ou não", risco é "quanto". Todos corremos algum risco, deixar crianças por várias horas juntas num ambiente fechado é aumentar o risco de propagar entre elas e, num segundo momento, às suas famílias. A questão é se o risco é justificável. Pelo risco de vida aos pais e quantidade de casos ainda ser grande eu considero que não vale a pena, devemos esperar a situação melhorar.

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

    • G

      Gabriel Brandão de Abreu

      ± 4 dias

      O que ela questiona é que dificilmente os frequentadores de bares, restaurantes, etc não terão contato com crianças. Além disso, as crianças não estão isoladas. Elas estão brincando em parques, na rua.. ou seja, falar da escola ser um risco é hipocrisia.

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • J

    José

    ± 5 dias

    Escola não pode mas metrô pode. Academia não mas ônibus coletivo sim. País de hipócritas. Assim como é facultado ao cidadão escolher se vai entrar no metrô, deve ser permitido escolher se quer voltar a estudar. E os filhos? O mesmo raciocínio. Se um pai decide pegar um coletivo com o filho, é justo decidir se o filho volta a frequentar a escola.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    5 Respostas
    • C

      Claudia

      ± 4 dias

      kkkkkk tb acho !!!!

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

    • M

      Meg Litton

      ± 4 dias

      Rodrigo: não sei porquê, mas acho que você é PROFESSOR de rede pública...

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

    • R

      Rodrigo

      ± 5 dias

      Em algum momento teremos que voltar, não vejo como entrar em 2021 sem retornar ao presencial, mas até lá possivelmente a quantidade de casos será menor (já está caindo), talvez tenhamos vacina, haverá mais conhecimento médico sobre tratamentos. Realmente difícil estabelecer a data ideal mas não parece que seja já...

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

    • N

      Neto

      ± 5 dias

      Rodrigo: concordo mas e em 2021?

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

    • R

      Rodrigo

      ± 5 dias

      Exato, metrô pode e escola não, e tem que ser assim mesmo. Quer fechar o metrô? Aí tem que fechar tudo, ou vai lotar ônibus. Se fechar tudo o país quebra, não dá para fazer isto porque sem dinheiro o pessoal morre de fome. E a escola? Melhor perder um ano de aula presencial do que perder a mãe, ou o pai, não acha? Ou podemos dizer que familiares de alunos não morrem?

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • E

    Enir Maria Palandi

    ± 5 dias

    Baita artigo!!!

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • M

    Marcos

    ± 5 dias

    Parabéns, Madeleine. Esta discussão é mais que urgente e as nossas crinaças estão pagando um preço altíssimo pela mistura de histeria, despreparo, falta de vontade e de coragem de muitos atores desta situação em enfrentar as adiversidades impostas pela pandemia. Fixar de forma draconiana o direito das crianças em voltar às escolas somente depois de uma vacina ou de risco "zero" de contágio só pode ser brincadeira.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    2 Respostas
    • N

      Neto

      ± 5 dias

      Enir Maria Palandi: só masoquista ainda assiste aos jormais da Globo.

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

    • E

      Enir Maria Palandi

      ± 5 dias

      Acho muito normal esta situação. Os pais e professores são diariamente apavorados pela rede Globo, como não vão ter medo? Calma, depois das eleições nossos queridos políticos decidirão...

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • A

    Adriano

    ± 5 dias

    Essa questão nunca foi tratada de forma séria no País. Chega de apavoramento. Está na hora de retornar ao bom senso das coisas.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    3 Respostas
    • R

      Renata de Paula Xavier Moro

      ± 5 minutos

      De fato é um contrassenso e muita hipocrisia. Ou libera tudo (com restrições de segurança) ou fecha tudo. Mas educação nunca foi prioridade mesmo. E de fato não adianta culpar os políticos, porque eles refletem o que boa parte da sociedade é: encostada e burladora de regras, achando que o Estado tem de prover e resolver tudo. Diversão no bar, sim, estudar, não.

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

    • S

      SILVIA ANDRUKIU MONFRON

      ± 4 dias

      Excelente artigo. Parabéns. Enfim, a mídia começa a tratar desse assunto de modo claro e aberto, colaborando para uma retomada mais pacífica, pois não será nada fácil vencer a resistência dos sindicatos de professores em praticamente todos os Estados e fazer uma retomada segura e gradativa. Se isso não acontecer logo, mesmo que tenhamos vacina, vão alegar que não tem 100% de eficácia e ainda não seria hora de voltar às salas de aula. Queda de braço feia temos à frente, infelizmente.

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

    • R

      Road Warrior

      ± 4 dias

      Onde foi tratada de forma séria na França com o “Lacron”??? Essa semana na França a media móvel de novos contaminados é superior a 8000 casos. E ele se “preocupa com a Amazônia”... Não cuida nem do seu País e quer dar pitaco na Amazônia... Só faltou elogiar a solução de combate a Pandemia da Piralha Greta ....

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

Fim dos comentários.