Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
Daniel Castellano/Gazeta do Povo
Daniel Castellano/Gazeta do Povo| Foto:
Daniel Castellano/Gazeta do Povo

Daniel Castellano/Gazeta do Povo

Em entrevista ao blog do jornalista Alexandre Praetzel, o técnico Paulo César Carpegiani revelou a intenção de deixar o Coritiba ao término do contrato, em dezembro. O gaúcho tratou de outros temas na conversa e fez outra declaração que me chamou atenção: “Vou esperar um pouquinho, vou dar um tempo, porque os campeonatos estaduais não fazem muito o meu feitio não”.

Que os Estaduais, no formato atual, são uma perda de tempo tremenda, não é novidade alguma. Agora, é um tanto incomum ver os profissionais envolvidos diretamente com o esporte, especialmente técnicos e jogadores, reclamando. Paulo Autuori, do Atlético, tem chiado bastante. E agora o rival, Carpegiani, também mostra seu descontentamento com o calendário nacional.

A declaração do coxa-branca foi publicada na mesma segunda-feira (14) em que a CBF divulgou as datas para a temporada 2017 e, como já era esperado, confirmou que os Regionais continuam dominando o primeiro semestre. Um martírio de mais de três meses e 18 datas! Enquanto o Brasileiro, principal competição do país, segue espremido de maio a início de dezembro.

Como se vê, CBF e as federações estaduais seguem dando às cartas. Uma entidade alimenta a outra, e quem passa fome é o futebol brasileiro.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]