i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?

Palpite de Alice

Ver perfil

Ela superou o abandono, e hoje luta contra o câncer de mama

  • PorMonica Balestieri Berlitz
  • 29/05/2016 15:15
Ela superou o abandono, e hoje luta contra o câncer de mama
| Foto:
Foto - arquivo pessoal

Foto – arquivo pessoal

A secretária Fabiana Cristina Ribeiro da Silva, 35, há 7 meses luta contra o câncer de

mama, e encontrou no Clube da Alice, forças para lutar contra a doença. Mas sua história de

vida sempre foi um exemplo de superação.

Com um ano de idade foi deixada pela mãe, para ser criada por uma amiga em Nova

Londrina, no interior do Paraná. Aos 10 anos, ainda uma criança, começou a trabalhar para

ajudar em casa, foi babá, empregada domestica e garçonete.

“Essa mulher que me criou e fez meu registro, judiava muito de mim, e quando

completei 15 anos me mandou embora de casa”, conta Fabiana, explicando que ficou com os

sentimentos confusos na época, sem ter para onde ir e ao mesmo tempo sentindo-se livre do

sofrimento.

Como não conheceu ninguém da sua família, ela tinha a esperança encontrar a mãe,

chamada de Telma. Com uma dica, foi em busca de informações do pai, e encontrou uma

pessoa. Os planos não saíram como planejado, e esse homem que a abrigou por um tempo, a

deixava para fora de casa; e novamente Fabiana precisou partir sem rumo, e dependendo da

ajuda de estranhos. Anos depois, decidiu fazer o teste de DNA, que deu negativo.

“Quando eu descobri que ele não era meu pai fiquei muito triste. Perdi tudo, fiquei sem

chão. Dizem que o câncer se desenvolve emocionalmente, e acredito que toda essa tristeza

possa ter cooperado”, lembra.

Ao descobrir que estava com câncer de mama Fabiana recorda que ficou deprimida e

sem forças para comer. O diagnóstico feito pelo especialista mostrava ser uma doença das

mais agressivas, grau três.

O médico indicou caminhada para ajudar no tratamento do câncer. Então, no meio

desse turbilhão de emoções, ela resolveu postar no Clube da Alice, um pedido: para que a

fizesse companhia durante as caminhadas no parque.

“Elas foram respondendo no mesmo instante. E no outro dia, quando cheguei ao

parque tinha 15 “Alices” me esperando. Desde então, as dores melhoraram muito!”,

comemora a secretária, que recebeu em homenagem ao grupo o nome de Fabilice (uma

junção dos dois nomes).

Foto – arquivo pessoal

A cada dia Fabiana supera uma nova etapa da vida. Hoje é casada, tem um filho e

busca realizar novos e antigos sonhos. Entre eles, descobrir suas origens se tem irmãos de

sangue e se a minha mãe ainda está viva.

“Não guardo mágoa, até porque Deus sempre enviou anjos na minha vida. Sou feliz,

mas gostaria muito de preencher esse vazio que sinto, com a falta de saber mais sobre o meu

passado”, comenta com esperança.

Fabiana é um exemplo de superação. Uma mulher determinada e que tem alegria de

viver.

Por Bruna Esmanhoto

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 0 ]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.