i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?

Panela do Anacreon

Foto de perfil de Panela do Anacreon
Ver perfil

Novidades gastronômicas em Curitiba e receitas

Charmoso fim de tarde do Nayme atrai pelos sabores árabes, tanto nos petiscos quanto nas bebidas

  • PorAnacreon de Téos
  • 13/12/2017 11:12
Coxinhas de massa de abóbora com recheio de carne de cordeiro desfiada, um toque diferenciado de paladar. (Foto/ Anacreon de Téos)
Coxinhas de massa de abóbora com recheio de carne de cordeiro desfiada, um toque diferenciado de paladar. (Foto/ Anacreon de Téos)| Foto:

Kafta de carneiro deliciosa, servida na rama de canela, um dos pontos altos do cardápio de fim de tarde do Nayme. (Foto/ Simone Meirelles – Blog Comer e Curtir)

O pão árabe, feito na hora, é uma das assinaturas do Nayme. (Foto/ Priscilla Fiedler/ Divulgação)

Um fim de tarde com muito sabor e alto astral. Essa é a proposta já posta em prática pelo restaurante Nayme Culinária Árabe, com o objetivo de atrair as pessoas para momentos agradáveis, petiscando e bebericando descompromissadamente.

E são petiscos muito especiais, diferenciados, como diferenciada e única é a proposta do Nayme, que foge dos padrões básicos dos restaurantes árabes que conhecemos ao incluir os temperos e a comida caseira, de origem familiar mesmo, no cardápio diário. Tanto que a orientação de sabores vem lá de trás, do passado, do caderno de receitas de dona Nayme, avó da empresária e chef Yasmin Zippin Nasser, proprietária da casa.

Vale para o menu oficial e vale também para os petiscos criados para o que seria o happy hour – embora eles não queiram denominar assim -, opção inteligente e saborosa que encontraram de ocupar um espaço de tempo sem movimento no restaurante, que não fecha durante a tarde, mantendo-se aberto e atendendo sem interrupção desde o almoço até tarde da noite.

Linguiça de carneiro. (Foto/ Divulgação)

As sugestões são muito interessantes já a partir do visual, caso do Trio de coxinha com carne de carneiro e geleia de menta (R$ 32). A massa da coxinha é feita de polpa de abóbora e tem, por isso, a cor alaranjada. E o recheio de carne de carneiro desfiada completa o paladar com perfeição, levando para os sabores árabes, que têm justamente no cordeiro a carne mais consumida. E que aparece também na linguiça de carneiro (R$ 30), feita com tempero exclusivo da vovó Nayme e que é acompanhada de pão. E tem carneiro também na dupla de mini Kafta (R$ 20), que, charmosa, é servida na rama de canela e já faz sucesso em festas e eventos empresariais promovidas pela chef.

Frutas secas e nuts… (Foto/ Simone Meirelles)

O menu descontraído ainda sugere azeitonas libanesas temperadas com chancliche (queijo árabe) e torradinha árabe (R$ 30) e ainda uma tábua de frutas secas (R$ 27), com damasco, tâmaras, passas, figo turco e o mix de nuts (pistache, nozes, castanha de caju e amêndoas).

Mas é claro que ninguém que vai ao Nayme pode ficar sem o pão árabe feito na casa (R$ 12). É assado na hora e cresce, parece um travesseiro, com um sabor inesquecível. Nesse menu pode vir acompanhado das tradicionais pastas babaghanouj, hommus e coalhada. O trio custa R$ 30.

E ainda há a porção personalizada de batatas fritas. Rústica, mas temperada com nada menos que 12 especiarias árabes, dentre elas o zattar e o sumake.

As porções são, em base, para até duas pessoas.

Romã Gin, drinque refrescante com gin, tônica e um toque de grenadine. (Foto/ Anacreon de Téos)

Para beber, uma cerveja libanesa. Por que não? A 961 (R$ 10), cerveja de origem libanesa, além de ser a primeira do Oriente Médio, teve sua produção artesanal iniciada em 2006, durante um cenário de guerra e hoje exporta para vários países do mundo, sendo destaque no universo das cervejas. Mas há, também, opções de vinhos – tinto, branco e rosé por R$ 50 e taças por R$ 10 – e alguns drinques bem interessantes, criados especialmente para a ocasião. Como o Romã Gin (R$ 20), que tive a oportunidade de provar – apreciador de gin que sou – e é inspirado no Gin Tônica, só que ganha um toque especial de grenadine (o xarope de romã), que o garçom acrescenta já à mesa, num glamour a mais para a bebida. E ainda há um Belini (R$ 20), que também ganhou um toque árabe, com purê de damasco em vez de pêssego.

O tempo bom permite que o cliente seja servido no aprazível deck, o que dá um carinho a mais no agradável ambiente da casa.

A porção de batatas rústicas ganha temperos árabes. (Foto/ Simone Meirelles)

O Nayme Culinária Árabe fica numa bela casa no alto da Vicente Machado, no Batel. (Foto/ Divulgação)

Fim de tarde Nayme

Avenida Vicente Machado, 1482 – Batel (estacionamento próprio)

Atendimento: de terça-feira a sábado, das 17h às 20h

Fone: (41) 3308-1882

=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=

Entre em contato com o blog:

Blog anterior: http://anacreonteos.blogspot.com/

Twitter: http://twitter.com/AnacreonDeTeos

E-mail: a-teos@uol.com.br

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 0 ]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.