i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?

Paraná S.A

Foto de perfil de Paraná S.A
Ver perfil
Mercado

Aumento na demanda por cerveja aquece produção de latinhas no Paraná

  • 01/12/2020 19:33
Latas de alumínio: mercado se aqueceu com a pandemia
Latas de alumínio: mercado se aqueceu com a pandemia| Foto: Gazeta do Povo

A alta demanda por cerveja enlatada tem sido positiva para boa parte da cadeia produtiva da bebida, sobretudo fabricantes de latas. No Paraná, uma das maiores indústrias de latas de alumínio, a Crown Embalagens, mantém fábrica em Ponta Grossa. O estado, aliás, responde por 2 bilhões de latas por ano – produção que abastece o grande número de cervejarias na região dos Campos Gerais.

“Na realidade o nosso setor está em plena expansão. Antes da pandemia as latas de alumínio representavam pouco mais de 50% do envasamento total das cervejas brasileiras. No final de 2020, este percentual deve se aproximar de 80%, mostrando que a cerveja se consolidou ainda mais nas latinhas. Da água à cachaça, da cerveja artesanal à internacional, as latinhas estão preparadas para mais um ano promissor”, respondeu a Associação Brasileira dos Fabricantes de Latas de Alumínio (Abralatas) a questões enviadas pela reportagem – a entidade é porta-voz da empresa na condição de representante do setor.

Números da empresa de gestão de suprimentos Neogrid indicam que A ruptura de cerveja (taxa de ausência do produto no mercado), chegou a 18,92% em outubro de 2020 ante 12,4% no mesmo mês do ano passado. Isso não significa, porém, que há falta de cervejas no mercado, mas sim uma oferta menor de opções em estoque. A Neogrid indica que entre os principais motivos para a quebra é a falta de produtos de envase.

De acordo com a Abralatas, no entanto, não haverá parada na produção ou condição crítica nas cervejarias. “As fábricas continuam operando 24h por dia e 7 dias por semana para cumprirem com todos os contratos firmados com os nossos clientes e mantendo os protocolos sanitários no mais alto padrão. O aumento das vendas das latas de alumínio demonstra que muitos consumidores estão optando por comprar nesta embalagem pelos seus diferenciais em relação a capacidade de reciclagem, praticidade no transporte e armazenamento, melhor conservação da bebida, variedade de formatos e tamanhos”.

“O setor tem um compromisso com o Brasil, e continuará investindo, gerando emprego, renda, tributos etc”, aponta a Abralatas, embora não indique novos investimentos na planta paranaense da Crown.

1 COMENTÁRIOSDeixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 1 ]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.

  • M

    Mirtão

    ± 0 minutos

    Boa notícia para os catadores.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso