Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
  • Ícone FelizÍcone InspiradoÍcone SurpresoÍcone IndiferenteÍcone TristeÍcone Indignado
Avião da companhia aérea Aerolíneas Argentinas
| Foto: Divulgação

Curitiba e Buenos Aires voltarão a ter conexão direta nos próximos meses. Suspensos desde o início da pandemia, os voos entre as duas cidades operados pela Aerolíneas Argentinas serão retomados na primeira semana de abril. Serão quatro partidas semanais para a capital argentina - os voos vão acontecer sempre às segundas-feiras, quintas-feiras, sextas-feiras e domingos.

RECEBA PELO WHATSAPP NOTÍCIAS DO PARANÁ

Os aviões que vão operar a linha são Embraer E190, com capacidade para 96 passageiros. A nova rota vai ligar o Afonso Pena, em São José dos Pinhais, ao aeroporto Jorge Newberry, conhecido como Aeroparque, próximo ao Centro de Buenos Aires.

O anúncio de que as operações entre as duas cidades serão reiniciadas foi feito na semana passada, pelo diretor comercial, de planejamento e de gestão de rotas da aérea, Fabián Lombardo, e publicado em diversos veículos argentinos, como o La Nación. Além de Curitiba, Brasília e Porto Alegre também terão seus voos diretos para Buenos Aires retomados.

Conforme Lombardo, as tarifas devem ser atrativas, já que o objetivo da companhia é encorajar turistas a visitar a Argentina, impulsionando o mercado receptivo.

Com a retomada, o Aeroporto Afonso Pena volta a contar com pelo menos uma rota internacional. Até o início da pandemia, além dos voos diretos para Buenos Aires, na Argentina, o aeroporto recebia voos vindos de Assunção, no Paraguai.

Segundo dados da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac), em 2019, entre Curitiba e Buenos Aires foram transportados 33.907 viajantes pela Aerolíneas Argentinas. O último voo internacional que saiu do Aeroporto Afonso Pena foi em 28 de março de 2020, para Assunção, Paraguai.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros

Máximo de 700 caracteres [0]