Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
  • Ícone FelizÍcone InspiradoÍcone SurpresoÍcone IndiferenteÍcone TristeÍcone Indignado
Rede canadense Maple Bear de esnino bilingue.
Rede canadense Maple Bear de esnino bilingue.| Foto: Divulgação Maple Bear

Maior rede de escola bilíngue do mundo, o grupo canadense Maple Bear está expandindo a operação no Paraná. A marca, que conta com 550 unidades em mais de 30 países, vai abrir outras três no estado: uma segunda sede em Curitiba, além de Cascavel e Toledo, no Oeste. Fora a capital, a rede já tem outros três colégios no Paraná, em Londrina, Maringá e Ponta Grossa, que totalizam 640 estudantes matriculados.

Siga as últimas notícias de negócios no estado pelo Linkedin da coluna Paraná S/A

Após reuniões nas duas cidades do interior nessa semana, representantes da Maple Bear vão apresentar na manhã desta sexta-feira (24) a metodologia canadense de ensino e todo o plano de negócio a quem quiser se candidatar a ter uma escola do grupo na capital. A apresentação será no Novotel Curitiba Batel.

Investimento e faturamento

O sistema é por franquia. O faturamento depende do tamanho da escola e da quantidade de alunos matriculados. Mas em média o faturamento é em torno de R$ 400 mil mensais por unidade, sendo que 20% desse valor fica para o investidor. Em contrapartida, o interessado deve aportar o valor inicial de R$ 2 milhões para abrir a escola. O valor médio da mensalidade é de R$ 2,8 mil por aluno.

"Há na rede Maple Bear hoje investidores de diversos perfis, de profissionais de educação a empresas e famílias que buscam alternativas para diversificar seu portfólio", explica o CEO da Maple Bear na América Latina, André Quintela.

"Além do capital necessário, é fundamental que o investidor possua visão de longo prazo, seja habilidoso na construção de relacionamentos sólidos com pais, alunos e professores e tenha a excelência educacional como meta constante", complementa o executivo sobre o perfil dos parceiros.

Na execução da franquia, a Maple Bear disponibiliza toda a gestão do negócio. Incluindo o know-how para captação de alunos, o método pedagógico, treinamentos, marketing, consultoria de campo e o próprio modelo de escola. Toda a parte administrativa e a rotina pedagógica ficam sob responsabilidade do proprietário da escola e a equipe pedagógica.

André Quintela, CEO na América Latina da rede canadense de ensino Maple Bear.
André Quintela, CEO na América Latina da rede canadense de ensino Maple Bear.

Quintela explica que os interessados em investir em uma escola da Maple Bear têm que ter visão a longo prazo. Tanto que a rede tem um modelo de negócios executado em três fases. Na primeira, é instalada a educação infantil na unidade. Na sequência, o ensino fundamental. Na última fase, a escola franquiada conclui o processo com a implementação do hig school - o equivalente ao ensino médio brasileiro.

Paraná é estratégico na expansão nacional

A expansão da Maple Bear é nacional e está sendo implantada há quatro anos. Quintela, porém, admite que o Paraná tem um lugar de destaque no plano de ampliação da marca no país.

Curitiba faz parte da estratégia de abrir novas unidades nas capitais onde a marca já atua. A rede tem cerca de 170 escolas com pelo menos uma unidade em cada estado brasileiro.

Casvavel e Toledo, por sua vez, são pontos estratégicos para o grupo educacional canadense pela avanço do agronegócio. Com 336 mil habitantes e um dos melhores IDH do Brasil, Cascavel é destaque na produção de soja, milho e trigo. A vizinha Toledo, de 144 mil habitantes, possui um dos maiores rebanhos suínos do Brasil, o que sustenta uma cadeia grande do agronegócio na região. Essa rede agroindustrial acaba beneficiando outros setores, entre eles a educação.

"O agronegócio tem criado polos de prosperidade pelo Brasil. O que demanda profissionais mais qualificados e com diferentes habilidades, principalmente de comunicação em uma segunda língua. Por isso acreditamos que regiões com forte economia associada a esse tipo de segmento, como é o caso de Cascavel e Toledo, comportem escolas da Maple Bear", avalia o CEO.

Sistema canadense de ensino

Pelo sistema do grupo, até os 3 anos de idade a rotina do aluno na escola é 100% em inglês. Com 4 anos é introduzida a língua portuguesa. Dos 6 anos em diante a grade curricular passa a ser ministrada metade em inglês e metade em português.

A metodologia canadense de ensino é reconhecida como a melhor entre os países de língua inglesa pelo Programa Internacional de Avaliação de Estudantes (Pisa), da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE). O método existe há mais de 50 anos, com foco no desenvolvimento da criatividade, senso crítico e resolução de problemas.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros

Máximo de 700 caracteres [0]