i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?

Pedro Menezes

Foto de perfil de Pedro Menezes
Ver perfil
Reformas

Agenda de Paulo Guedes é mais uma vítima da pandemia

  • Por Pedro Menezes
  • 26/05/2020 18:59
Os ministros Paulo Guedes e Braga Netto trocaram afagos em coletiva de imprensa sobre o Pró-Brasil
Os ministros Paulo Guedes e Braga Netto em coletiva de imprensa sobre o programa Pró-Brasil.| Foto: Ascom/ME

Paulo Guedes entrou no governo com um plano anunciado a quatro ventos: manter o teto de gastos, evitar qualquer aumento da carga tributária e reformar as estruturas do Estado brasileiro, aumentando assim a produtividade da economia. A cada dia, a concretização desta agenda fica mais difícil.

É interessante observar os levantamentos realizados no Barômetro do Poder, boletim político editado por Marcos Mortari e publicado pelo portal InfoMoney. Os especialistas ouvidos pelo Barômetro são, em sua maioria, consultores que aconselham grandes capitalistas em suas decisões. Ou seja, não se tratam de acadêmicos suscetíveis a arroubos ideológicos e sem “skin in the game”, na expressão de Nassim Taleb para se referir a opiniões que nada custam ao opinador. Todos trabalham com previsões políticas e precisam zelar pela própria reputação junto ao mercado.

Na edição de maio do Barômetro, 70% dos especialistas ouvidos acreditam que a probabilidade de Guedes sair antes de 2022 é alta ou muito alta. Desde março, a porcentagem de analistas que atribuem baixa probabilidade a uma eventual saída de Guedes caiu de 23% para 8%, enquanto aqueles que atribuem uma probabilidade muito alta a este cenário saiu de 15% para 38%. Nenhum dos especialistas acredita que a probabilidade de Guedes sair é “muito baixa”.

O cenário é similar ao publicado em janeiro de 2020, quando 71% dos especialistas ouvidos pelo Barômetro do Poder atribuíam probabilidade “alta” ou “muito alta” à saída de Moro antes de 2022. Muita gente, especialmente na base governista, via o resultado como devaneio. Bastaram quatro meses para que a previsão se concretizasse.

Os motivos que justificam a previsão de queda do ministro da Economia são claros: é cada vez menos provável que a sua agenda vire realidade. No lado político, a demissão de Moro mostrou quem é que manda no governo – não há “superministro” que seja páreo para o presidente. Mas isto não é o mais relevante. Com a pandemia, os incentivos postos na mesa mudaram radicalmente.

A demanda por políticas distintas das que Guedes defende deve ficar cada vez maior. Com a combinação de alto desemprego e baixa inflação, o plano Pró-Brasil foi um ensaio do que pode vir por aí: um aumento da demanda por obras públicas e estímulos à economia.

Ainda mais importante é a dependência do governo em relação ao Congresso. Mesmo com as tentativas de trocar cargos por apoio parlamentar, as dificuldades são evidentes. De acordo com o levantamento do já citado Barômetro, a aproximação entre Bolsonaro e Centrão fez o número de deputados alinhados com o governo subir de 97 para 162, enquanto o número de senadores foi de 16 para 22. Trata-se de uma alta modesta, insuficiente e que deve custar bastante caro, cobrando seu preço inclusive na agenda de Guedes.

Alguns dos novos aliados, como Paulo Skaf e sua Fiesp, dificilmente vão engolir a agenda de abertura comercial, tão cara a Paulo Guedes. Quanto ao Centrão, só uma boa dose de ingenuidade justifica a fé de que seus integrantes vão apoiar uma reforma do Estado brasileiro. Trata-se de uma turma acostumada a ocupar estatais, ao invés de vendê-las. Paulo Guedes começou prometendo privatizar tudo, mas deve terminar comprando ações da Gol.

No cenário que se desenha, Paulo Guedes é uma das principais vítimas da pandemia, ao menos do ponto de vista simbólico. Ainda que ele continue no cargo, o que é cada vez menos provável, sua agenda é cada vez mais improvável.

Não se trata de uma torcida. Apesar de ter criticado Guedes em algumas oportunidades, sempre fui abertamente simpatizante de grande parte das suas propostas – abertura comercial, privatizações, ajuste fiscal pelo lado dos gastos, dentre outras. Não gosto do cenário que se desenha, mas minha preferência não muda a realidade. O ministro não parece concordar com esta percepção e se refugia num profundo estado de negação. Infelizmente, as ótimas palestras de Paulo Guedes não serão suficientes para mudar uma realidade cada vez mais dura.

22 COMENTÁRIOSDeixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 22 ]

Máximo 700 caracteres [0]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Termos de Uso.

  • V

    Vitor Chvidchenko

    ± 0 minutos

    Paulo Guedes está cada vez mais mostrando que é um excelente acadêmico: muito bom de papo, ótimo em fazer palestras, bom teórico... mas, na hora de lidar com a COISA REAL, na hora de se sentar na cadeira de ministro e tocar uma agenda econômica, ele não demonstra competência. Os resultados estão aí para quem quiser ver. Henrique Meirelles e Pedro Malan (para citar apenas dois exemplos) foram ministros muito superiores, em termos do resultado que entregaram. O desempenho de Paulo Guedes no ministério é pífio. Além de tudo, está aprendendo com seu chefe Bolsonaro a dar declarações desastradas, quando não estúpidas. Acho que, com a convivência diária com o "Capitão", ele está emburrecendo.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • K

    Kleberson Costa Amaral

    ± 13 dias

    Bem, claro que nao tem superministro maior que o Presidente, por definição, mas o caso do Moro é uma desavença ideológica grande. Estavam batendo de frente. Guedes o tempo todo elogia a democracia brasileira e se posiciona politicamente, enquanto Moro era um político morto, nulo. Ótimo juiz, péssimo político - e isso independe das acusações, não é torcida, é só um fato que pesou em todo cenário. A saída de Guedes significaria perda de apoio irrecuperável ao Presidente. Guedes entrou por achar que poderia ajudar o Brasil e nunca precisamos tanto de sua pauta sendo colocada em prática. Tem que correr com a lista que ele já mandou da prioridade das PEC, PLs e MPs.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • E

    Eduardo

    ± 13 dias

    As reformas liberais são o único caminho viável para o desenvolvimento do país. Com ou sem Paulo Guedes. Com ou sem Pedro Menezes.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • M

    mup

    ± 13 dias

    Pedro, Previsões e projeções feitas pelos "maiores especialistas do mercado" são o que são: apenas projeções e previsões! As projeções e previsões desses advinhos costumam ser confrontadas no início de cada ano. Fechado o ano, demonstram apenas o que foram: previsões e projeções que a realidade desfaz como nuvens passageiras e incertas. Se o Brasil vivesse em função das previsões e projeções destes "maiores especialistas" estaríamos fritos! Menos arrogância e mais humildade, senhores " grandes especialistas!!!!!!!!!

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    2 Respostas
    • V

      Vitor Chvidchenko

      ± 19 minutos

      Prezado "mup", quem trabalha com previsões e prognósticos só tem uma certeza: a de que irá errar. No entanto, sabem também que, pior do que trabalhar com projeções, modelos estatísticos preditivos, etc., é ficar SEM eles. Sim, sem eles, o que te resta? Apenas ACHISMO. Não existe NENHUMA empresa no mundo que não faça projeções de mercado, por exemplo. Nenhum diretor de empresa, ou governante, é louco de se basear apenas em achismo pessoal. Dados são necessários. Projeções são ainda, com todas as suas limitações, a melhor forma de se antever, ainda que com boa dose de erro, o futuro próximo.

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

    • R

      Roberto Garcia

      ± 12 dias

      São previsões sim de quem tem o dimdim em jogo e quem comanda em grande parte esse país. O resto são apenas opiniões. Tem que entender que são previsões no tempo zero, hoje e para Amanhã se o cenário mudar são outras previsões de amanhã para o futuro, lógico.

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • E

    EMERSON SANTO DE LIMA

    ± 13 dias

    Como diz a Empíricos é o Triste Fim do Brasil. Bolsonaro pior que Dilma.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    2 Respostas
    • V

      Vitor Chvidchenko

      ± 18 minutos

      Sim, Walter. E a do Bolsonaro também tem nome: ESTUPIDEZ E INCOMPETÊNCIA.

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

    • W

      Walter

      ± 13 dias

      A pandemia no governo Dilma tinha nome: CORRUPÇÃO.

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • M

    Mário Kume

    ± 13 dias

    Ainda tentando enterrar o país... comentário sempre negativo...

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    1 Respostas
    • V

      Vitor Chvidchenko

      ± 16 minutos

      É isso aí. Feche os olhos e imagine que você está no paraíso, que o Brasil vai às mil maravilhas. Quem sabe, quando você abrir os olhos, seu sonho não virou realidade. Eu, de minha parte, prefiro continuar enxergando a realidade como ela é,

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • W

    Wendell

    ± 13 dias

    Discordo, há sérias diferenças entre Guedes e Mouro. Um é milhonario e quer escrever seu nome na História de um país, o outro é vaidoso e quis fazer seu nome em um país...

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    1 Respostas
    • V

      Vitor Chvidchenko

      ± 14 minutos

      Está totalmente errado. A diferença entre os dois é: Moro fez um excelente trabalho na segurança pública e APRESENTOU RESULTADOS. Guedes, por outro lado, sabe falar bem - e só. NÃO APRESENTOU RESULTADOS na Economia. Resumindo: Moro provou sua competência e Guedes não. Esta é a diferença real. No mais, se um é puxa-s**co do Bolsonaro e o outro não é, isto não é relevante aqui.

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • W

    Wendell

    ± 13 dias

    Discordo, há sérias diferenças entre Guedes e Mouro. Um é milhonario e quer escrever seu nome na História de um país, o outro é vaidoso e quis fazer seu nome em um país...

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • F

    F.H.O

    ± 13 dias

    As ideias de Guedes não têm mais como serem aplicadas no atual momento do Brasil e do mundo. Se ele não entender isso é melhor que saia do governo.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    2 Respostas
    • V

      Vitor Chvidchenko

      ± 12 minutos

      Guedes é um fracasso como ministro. Tudo o que ele conseguiu provar, com sua terrível gestão, é que ele é apenas um acadêmico, um teórico. NÃO possui competência para lidar com o mundo real. E seu desprezo total pelo valor da nossa moeda mostra que, até do ponto de vista teórico, seus conhecimentos são muito questionáveis.

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

    • J

      JOAO PYPCAK FILHO

      ± 13 dias

      Paulo Guedes nunca pedirá para sair, pois ficará sem emprego pro resto da vida. Só quem viu alguma qualidade nele foi o Bolsonaro. É um Delfin Neto um serviçal do presidente.

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • M

    Maquiavel

    ± 13 dias

    Abertura comercial em um momento que todos os países se fecharam é dar empregos aos chineses em troca de desemprego de brasileiros

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    4 Respostas
    • V

      Vitor Chvidchenko

      ± 5 minutos

      Nota: quando eu falo que "os países mais ricos do mundo sempre foram abertos comercialmente", estou falando de países ricos e desenvolvidos de verdade, em que a população toda possui alto padrão de vida. A China não se enquadra nesta categoria - é um "país rico com população pobre". Taí, aliás, um bom exemplo do que dá o fechamento comercial e um governo autoritário.

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

    • V

      Vitor Chvidchenko

      ± 7 minutos

      Que pensamento pequeno, este. Parece mais uma visão da época do Mercantilismo, do tipo "para que um país seja rico, é preciso que o outro seja pobre". Os países mais ricos do mundo sempre foram abertos comercialmente. E aí, como é que explica? Você, seu "Maquiavel", ao defender o fechamento comercial do país, estará condenando a população a consumir tudo MAIS CARO e DE QUALIDADE INFERIOR. Exatamente como ocorreu na época dos militares. E no mais, o Brasil é um país exportador, também. NÃO EXISTE país no mundo, hoje, que seja autossuficiente. Abertura comercial é uma necessidade - queira você ou não.

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

    • J

      JOAO PYPCAK FILHO

      ± 13 dias

      Sem a Petrobrás "uma empresa estatal" o Brasil já teria pedido falência . Pensar, antes de falar ou escrever, faz bem para a saúde mental.

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

    • W

      Wendell

      ± 13 dias

      Guedes quer quebrar monopólios e gerar empregos. Abertura comercial é coisa do PSDB. Estatais só dão prejuízo só Estado.

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

Fim dos comentários.