Máximo 700 caracteres [0]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Termos de Uso.

  • R

    Roberto Garcia

    ± 0 minutos

    Essa crise serve para mostrar a urgência de equacionar o equilíbrio fiscal. Tem que fazer as reformas, não criar uma solução momentânea e dar oportunidade de mais uma vez postergar a solução.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • R

    Rafael Del Bel Vetrone

    ± 7 horas

    A questão é, se o governo fizer sua parte, que é cortar gastos, desburocratizar, remover amarras legais e protecionistas, privatizar, não precisar de estímulos em termos de gastos públicos e subsídios a setores, que sim, "ajudam" a criar empregos e empresas, mas isso em um cenário de superávit. Em um cenário de déficit, vc até vai criar uns empregos e empresas às custas de outros empregos e empresas que deixariam de existir pela queda da atividade econômica. Get it? É tirar o Paulo e dar para o João, e isso é o que?

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • V

    Vitor Chvidchenko

    ± 11 horas

    Eu não concordo muito com esse artigo... A história tem mostrado que intervenções do Estado na Economia com o intuito de "fomentar a recuperação econômica", em geral dão um resultado positivo no curto prazo mas cobram um alto preço no médio e longo prazo (leia-se: crise ou recessão maior ainda do que a original), por uma simples razão: o Estado não cria riqueza. O que ele faz, ao intervir na Economia, é estimular artificialmente o mercado, levando pessoas e empresas a se endividarem e, no final, ninguém tem dinheiro para pagar a conta - e irrompe a crise. É como uma bolha que, mais cedo ou mais tarde, acaba estourando. Já vimos esse filme antes e o final nunca foi feliz.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    1 Respostas
    • V

      Vitor Chvidchenko

      ± 11 horas

      No que diz respeito a Economia, eu continuo rezando pela máxima: fora da ortodoxia, não há salvação (nada de cunho religioso nessa frase, heheheh).

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • F

    Félix

    ± 11 horas

    Como aumentar o grau de investimento do governo sem piorar ainda mais a situação fiscal do Brasil? Emitir mais títulos p/ diminuir a oferta de crédito p/ médias e pequenas empresas, essas que são as grandes geradoras de empregos no país? Aumentar os impostos numa economia já estagnada? Posso estar errado, mas a solução só virá após as reformas previdenciária e tributária, seguidas por uma diminuição do Estado. A primeira aliviará o orçamento no médio-longo prazo e a segunda destravará os que produzem e abrirá caminho p/ o tão sonhado livre mercado, já a ultima aliviará a sociedade que produz e que mantém um Estado gigante e ineficiente.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • Z

    Zyss

    ± 11 horas

    Não fale asneiras, liberais são contra qualquer tipo de intervencionismo.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • T

    Tiago dos Reis Vieira

    ± 12 horas

    Ok , mais interferir na taxa de juros não seria intervencionismo ? E segundo grandes economistas como Ludwig Von Mises sempre alertou que qualquer intervenção na economia pelo Estado, sempre terá um resultado pior do que apenas deixar que o mercado se recupere segundo suas próprias regras. Desculpe mas prefiro ficar com a opinião de LVM.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

Fim dos comentários.