Máximo 700 caracteres [0]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Termos de Uso.

  • C

    Cidadão Brasileiro

    ± 34 dias

    O ponto mais importante do texto não é a filosofia econômica, o equilíbrio de mercado é algo que se resolve naturalmente quando os indivíduos são bem instruídos, capazes de produzir e há liberdade de informação. O ponto nevrálgico foi bem apontado ao final: vale mais a pena comprar alguns políticos do que atender o consumidor/sociedade. Leia-se “dá maior lucro“. Quando agem junto aos políticos, os big players miram a concentração de mercado, vantagens fiscais e oligopólios. E isso tem nome e sobrenome: capitalismo de compadrio. Antídoto? Transparência extrema, compliance absoluto.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • R

    Rogério

    ± 35 dias

    Há pelo menos 4 décadas acompanho o surgimento de estudiosos da economia. É mais ou menos como os comentaristas esportivos que têm a solução tática para que todos os times vençam e aqui surgem duas incongruências: num jogo só um pode vencer e dificilmente um comentarista abandona o microfone para virar um treinador...

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • S

    salcutrim

    ± 35 dias

    Tem que mandar esse artigo para cada de****do e senador. Quem sabe eles se tocam e aprovam algo que mude o país. O problema é se eles vão ler algo útil para a nação

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • A

    Armando de Almeida Ferreira

    ± 35 dias

    Perfeito, sem restrições. Uma aula do verdadeiro liberalismo.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • M

    MARCELLO

    ± 35 dias

    Raro momento de lucidez na imprensa brasileira. Parabéns!

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • K

    Kleberson Costa Amaral

    ± 35 dias

    Excelente artigo! Só discordo quanto à posição citada de Paulo Guedes. Veja, não tem como em uma federação tirar de Estados e municípios toda e qualquer possibilidade de definir seu imposto. Isso quer dizer que o IBS em SP pode ser um total de 20% e em outro Estado e Cidade 22% por que os entes cobram mais caro. PG é absurdamente contra um estado cobrar mais ou menos 1% de um produto ou setor específico, que é o que distorce os preços. Mas o Estado ou município poder definir se cobra mais ou menos é básico em uma federação. Ideal, para não haver guerras muito acirradas, é definir taxas máximas e mínimas... algo como "a composição do IBS, a parte que cabe ao Estado deve ficar entre 5 e 10%".

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • E

    Eduardo Prestes

    ± 35 dias

    É oportuno pensar também na “neutralidade” dos impostos para a pessoa física. Ou seja, o fim do imposto de renda, da declaração de bens e das alíquotas progressivas. Todos devem pagar os mesmos impostos, sem discriminação com os mais ricos. Impostos devem estar vinculados a produtos, serviços e propriedades. Os mais ricos pagariam mais impostos porque consomem mais. Mas a igualdade perante a lei precisa ser garantida.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    1 Respostas
    • K

      Kleberson Costa Amaral

      ± 35 dias

      Não é o caminho adotado pelos liberais. O imposto deve ser sobre renda, é o que defendem a escola austríaca e Chicago. Você ter uma propriedade não quer dizer que tenha renda. herdar uma casa do seu avô e o Estado te cobrar caro só pq a casa é legal é absurdo. as vezes é o único bem que vc tem, quase não tem dinheiro pra manter a casa em pé e ama ela. outra: cobrar sobre patrimônio desestimula acúmulo de capital, que é a fonte de tudo.

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • S

    Sr. Walker

    ± 35 dias

    Bem por isso a entrada do Brasil na OCDE sempre será complicada. Parece estranho a Argentina ter sido aceita e nós não. Para ver o quanto nossa economia é fechada e retrógada. Fico triste, sei que vou morrer antes de ver isso mudar. De muito já que perdi a esperança.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • A

    Alvaí

    ± 35 dias

    Matéria sensacional!

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • P

    Paulo Afonso Pasquotto de Lima

    ± 35 dias

    Parabéns pelo texto. Simples e claro.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • M

    MARCIO JOSE DE BRITO

    ± 35 dias

    Mto bom seu artigo, esperemos que o sofrimento dos micros e pequenos empresários sejam amenizados com as ações dos comandantes da economia, pois somos os maiores geradores de empregos e de recursos para a base dos consumidores!!

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • J

    JOSÉ IVALDO

    ± 35 dias

    Que aula pros nossos liberalóides estilo MBL e cia

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • A

    Admar Luiz

    ± 35 dias

    Boa Pedro, ótimo texto. E eu acrescento, quando mesmo - aqui em Banania - adotaremos sem restrições o pensamento liberal de Hayek, e de um Roberto Campos, que estava à frente de seu tempo? Nossos legisladores só olham para o próprio umbigo. O estado brasileiro é inchado e ineficiente. Pedro Menezes para o ministério da economia já! Dá uma mãozinha ao Paulo Guedes Pedro, rsrsrs

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • N

    NEY PEREIRA DE ALMEIDA

    ± 35 dias

    Até que, em fim, um artigo que vale a pena ler. Muito bom. Sugiro que o envie a Paulo Guedes. Ele é aberto a esses tipos de contribuição e não tem nenhuma resistência às teorias da escola austríaca. Eles costumam ser a vanguarda mais lúcida do pensamento liberal moderno. Parabéns.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    1 Respostas
    • K

      Kleberson Costa Amaral

      ± 35 dias

      PG assina debaixo disso tudo ai! ele é contra distorções sobre sobre o produto, a única coisa que ele defende é que Estados e municípios possam definir suas próprias alíquotas, mas de forma geral e única, sem beneficiar um determinado setor ou outro.

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • J

    Jorge Dias

    ± 35 dias

    Ótimo texto, mas o caso do LiberalMinio Arthur MamãeFalei é mais político do que econômico, o Pedro não entendeu bem este cavalo de tróia.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • A

    Amilcar Marques

    ± 35 dias

    muito bom. Que otima didática. Em resumo - eu me atrevo a dizer - o tal Estado (o tal do mal necessario de Thomas Payne - quando funciona bem...) tem que procurar formas de interferir o minimo. Tão simples.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • A

    Antônio Márcio

    ± 35 dias

    Bom texto!

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • J

    Josinei Kosmoski

    ± 35 dias

    Só está equivocado qto ao Paulo Guedes. A concorrência entre estados é o que evita os EUA de virarem uma Europa, onde os estados unitários estupram os pagadores de impostos e a única saída é mudar de país. Nos EUA, os estados ricos do nordeste e a California aumentaram seus impostos ao longo dos anos e veem uma fuga sem precedentes de pessoas e empresas para estados que tributam menos como Texas e Florida. Isso é ser liberal, é permitir que haja concorrência, inclusive entre governos. Um estado pode ter impostos mais baixos e continuar com alíquota flat, como é nos EUA, onde há estados onde sequer existe sales tax.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    2 Respostas
    • K

      Kleberson Costa Amaral

      ± 35 dias

      Exato! Estados terem alíquotas diferentes é parte do federalismo e é totalmente diferente de distorção de mercado onde se escolhe um setor para beneficiar. São coisas muito diferentes. O título ataca PG de graça e indevidamente. Pedro Menezes, ficou muito bom! só reveja esse ponto!

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

    • E

      Emilio Casalini Rott

      ± 35 dias

      Concordo contigo Josinei. A concorrência entre estados é um incentivo para que o estado seja mais enxuto e eficiente e atraia investimentos, assim incentivando outros estados a melhorarem e diminuírem as suas alíquotas também. No meu entendimento, esse é o raciocino que Paulo Guedes faz.

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • T

    Toso

    ± 35 dias

    Perfeito.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

Fim dos comentários.