Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
  • Ícone FelizÍcone InspiradoÍcone SurpresoÍcone IndiferenteÍcone TristeÍcone Indignado
Atrasos, filas e até naufrágio, operação do ferry boat de Guaratuba atravessa série de probelmas
Atrasos, filas e até naufrágio, operação do ferry boat de Guaratuba atravessa série de probelmas| Foto: Divulgação/Agepar

Por iniciativa do deputado estadual Michele Caputo (PSDB) a Assembleia Legislativa do Paraná deverá ter uma comissão especial para investigar eventuais irregularidades no contrato da travessia da Baía de Guaratuba, bem como os recorrentes problemas apresentados pela operação dos ferry boats da empresa BR Travessias, que opera o trecho.

O deputado já conseguiu as 14 assinaturas necessárias para a abertura de uma Comissão Temporária Especial para acompanhar o caso.

Além de Caputo, assinam o requerimento os deputados Boca Aberta Junior (Pros), Requião Filho (MDB), Gilson de Souza (PSC), Soldado Fruet (Pros), Tercílio Turini (Cdn), Goura (PDT), Cristina Silvestri (Cdn), Douglas Fabrício (Cdn), Rodrigo Estacho (PV), Professor Lemos (PT), Mabel Canto (PSC), Tadeu Veneri (PT) e Arilson Chiorato (PT).

A comissão especial deverá ser instalada na próxima semana e contará com sete membros. Como não se trata de uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI), não terá poderes de investigação como o de autoridades judiciais (como o de intimar depoentes e requisitar quebras de sigilo), podendo, apenas, convidar pessoas para depor e recomendar ações ao Governo do Estado.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros

Máximo de 700 caracteres [0]