i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?

Rolmops e Catchup

Ver perfil

Palavras órfãs

  • PorFrancisco Camargo
  • 17/06/2016 20:27
Palavras órfãs
| Foto:

Mexendo em seus livros, professor Afronsius (re)encontrou o Pequeno Dicionário Brasileiro da Língua MortaPalavras que sumiram do mapa, de Alberto Villas, Editora Globo, 2012. Presente de um amigo.

No Pequeno Dicionário, 302 páginas, Afronsius tinha sublinhado alguns exemplos do inventário de Villas quanto à “mutação vernacular”:

– Barão – notas de 1 cruzeiro, 5 cruzeiros e mil cruzeiros.

– Baratinha – carro conversível.

– Tranchan – chique, elegante.

– Víspora – bingo.

– Varapau – adolescente que cresceu rapidamente.

– Velocípede – brinquedo infantil.

– Borocoxô – triste, cabisbaixo, desanimado.

– Bebê johnson – criança bonita.

– Meia soquete – meia de cano curto.

E ficou imaginando: há também palavras que não saíram do dicionário, ou seja, nunca foram utilizadas de maneira corrente, maciça, em conversa informal, descontraída. Notadamente em papos de boteco. Caso do adjetivo escorreito. Adjetivo, sem defeito ou lesão. Apurado, correto.

Mais:

Nefelibata: s.m. e s.f. – Pessoa que busca se esquivar da realidade; quem vive nas nuvens.

Onicofagia: sf. Roedura habitual de unha.

Aziago – adj. Agourento. V. Infausto.

Aluir – vtd. Fazer vacilar; abalar; pôr abaixo, derribar.

A breve vida das palavras

A propósito das palavras, há também uma matéria da revista Pesquisa, da Fapesp (Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo), sobre A vida das palavras. O texto, assinado por Igor Zolnerkevic (edição de julho de 2011), informa que físicos e linguistas examinam a evolução do vocabulário de comunidades. E admitem que ninguém sabe exatamente quantas palavras nascem a cada momento, mas têm certeza de que “a imensa maioria delas é raramente usada, geralmente esquecida”.

E segue o baile.

ENQUANTO ISSO…

 

 

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 0 ]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.