Publicidade
Desafio do chef

Torta de banana é o segredo da vovó

por Ricardo Ampudia

Quitute da avó Verena é tão tradicional que nem receita tinha, estava guardada apenas na memória. A receita veio da Suíça e já é feita pela quinta geração da família

Publicado em 14/08/2008 às 00Hrs
Compartilhe

Veja nas imagens do ParanaTV como fazer a torta de banana

Que bela massa!

O chef Alexandre Bressaneli diz que a intenção do Desafio do Chef é justamente colecionar receitas que as pessoas fazem no dia-a-dia, mas que tenham um toque pessoal inconfundível.

Para o próximo desafio é a vez de um dos pratos mais tradicionais do país, graças a nossos “nonos”e “nonas” que vieram da Itália: o macarrão. “Tanto faz o molho e o formato da massa, vamos deixar a imaginação fluir”, afirma ele que espera uma diversidade muito grande de tipos de receita.

Vale tudo! Molho branco, vermelho, com ervas, apimentado, espaguete, fusilli e conchiglioni. As receitas podem ser enviadas até o dia 24 de agosto pelo link abaixo.

Clique aqui para enviar sua receita

Participe!

Leitora assídua do Bom Gourmet, quando viu o tema do Desafio do Chef, a bancária Anna Carolina Santos, 23 anos, não teve dúvidas. A torta de banana de sua avó, sempre presente nos fins de semana e natais com a família, ia ser “a” receita.

O trabalho maior não seria fazer a torta, mas registrar o modo de preparo. “Quando pedi ela disse que não existia, era um pouco de farinha, outro de açúcar. Uma receita de cabeça”, conta Anna. Para a difícil missão, colocou a avó na cozinha e anotou todo o procedimento em um guardanapo.

“Essa receita é um pouco adaptada, minha mãe fazia com maçãs e usava nata. A mãe dela usava banha”, conta a avó Verena Pinheiro Lima, que diz ter aprendido a fazê-la aos 15 anos, com sua mãe, que é suíça. “Comecei a usar banana porque tem muito no Brasil. É uma torta muito simples e deliciosa”, afirma.

A neta Anna Carolina diz que a receita pode ser adaptada com outros frutos como uva, blueberries e maçã, a sua preferida. “Prefiro que minha avó faça, por enquanto, eu só sei comer”, brinca.

O chef Alexandre Bressanelli diz que escolheu a receita pela história que ela trazia. “Gastronomia é isso, você pode fazer algo muito complexo e refinado, mas sem alma. Ela ficou ali, colhendo o modo de fazer da avó, uma receita que tem muita história.”

Bressanelli diz que o quitute é muito simples, rápido e traz elementos brasileiros e populares, que faz as pessoas lembrarem do passado. “Torta é algo que lembra a casa da avó. Banana, além de ser bem brasileira, é uma fruta que todos gostam”, diz.

A avó Verena, que não esperava a vitória no Desafio, agora está orgulhosa da receita, que espera durar mais gerações. “Fiquei orgulhosa de saber que ela (a neta) aprendeu e espero que passe para frente”, conta. A vencedora ganhou como prêmio a participação em uma oficina do Club Gourmet do Centro Europeu.

Tags: doce
Compartilhe
Publicidade

Assine a Gazeta do Povo e receba mensalmente o Bom Gourmet.

Assine