Assinaturas Classificados
Assinaturas

Publicidade

Ulbra/Divulgação

Ulbra/Divulgação / O crânio quase intacto do animal, visto de perto O crânio quase intacto do animal, visto de perto
Descoberta

Grupo acha crânio de réptil "africano" de 240 milhões de anos no RS

Animal pertence ao grupo dos cinodontes, que deu origem aos mamíferos. Preservação surpreende; achado reforça "união" entre Brasil e África

13/01/2009 | 21:31 |
  • Comentários

Uma dupla de pesquisadores da Universidade Luterana do Brasil (Ulbra), no Rio Grande do Sul, anunciou a descoberta de um crânio excepcionalmente bem preservado de cinodonte, réptil pertencente ao grupo que deu origem aos mamíferos. Com 242 milhões de anos, o bicho, cujo nome científico é Luangwa, foi encontrado no município de Dona Francisca (região central gaúcha). Fósseis da criatura são muito mais comuns na África, o que reforça a tese de que o nosso continente e a África Ocidental estavam ligados por terra quando o animal viveu.

Embora alguns fragmentos cranianos de Luangwa já tivessem sido identificados no Rio Grande do Sul, o crânio quase completo deve facilitar os estudos sobre a biologia do animal, afirma a equipe da Ulbra, formada pelo paleontólogo Sérgio Furtado Cabreira e pelo biólogo Lúcio Roberto da Silva. O animal foi descoberto originalmente na Zâmbia, de acordo com os pesquisadores.

Cinodontes como o Luangwa apresentavam grande variedade de formas e estilos de vida há 240 milhões de anos, mas todos já tinham semelhanças com os mamíferos, como a presença de pelos e, provavelmente, de sangue quente.

      • NOTÍCIAS MAIS COMENTADAS
      • QUEM MAIS COMENTOU
      Publicidade
      Publicidade
      Publicidade
      «

      Onde e quando quiser

      Tenha a Gazeta do Povo a sua disposição com o Plano Completo de assinatura.

      Nele, você recebe o jornal em casa, tem acesso a todo conteúdo do site no computador, no smartphone e faz o download das edições da Gazeta no tablet. Tudo por apenas R$ 69,30 por mês no plano anual.

      SAIBA MAIS

      Passaporte para o digital

      Só o assinante Gazeta do Povo Digital tem acesso exclusivo ao conteúdo do site, sem nenhum custo adicional ou limite.

      Navegue com seu celular ou baixe todas as edições no tablet - um novo jeito de ler jornal onde você estiver.

      CLIQUE E FAÇA PARTE DESSE NOVO MUNDO

      »
      publicidade