Seu app Gazeta do Povo está desatualizado.

ATUALIZAR

Enkontra.com
PUBLICIDADE

Entrelinhas + VER MAIS COLUNISTAS

Entrelinhas

“A polaca”

  • marcela campos - entrelinhas@gazetadopovo.com.br
 |
 
0 0 COMENTE! [0]
TOPO

Estreia no final desta semana, no Cine Guarani, em Curitiba, o documentário A polaca, de Fernando Severo. O filme conta a história de Hedwiges Mizerkowski, modelo do quadro mais famoso do pintor italiano Guido Viaro, radicado no Paraná. A identidade de Hedwiges era desconhecida até 2008, quando ela – já com 99 anos – decidiu revelar que era a moça da pintura e que viveu um breve affair com o pintor, em 1935. A família Viaro, à época, duvidou que a musa de Guido pudesse estar viva, mas se rendeu ao conhecê-la. Os olhos azuis cristalinos, iguais aos da retratada na tela “A polaca”, e o relato fidedigno. confirmaram o fato.

Amor e rejeição

Não tardou para que Hedwiges se tornasse o centro das atenções na cena cultural curitibana. Além dos Viaro, que a adotaram como matriarca, a crítica de arte Maria José Justino e o cineasta Fernando Severo se ocuparam de recolher o depoimento da modelo. De família polonesa, ela conheceu o pintor numa matinê dançante. Ele se apaixonou. Mas ela – espiritualista – recebeu a mensagem de que deveria se afastar do artista e guardar o episódio para si. Revoltado com a rejeição, Viaro destruiu a pintura, refazendo-a de memória, tempos depois. Maria José Justino, admiradora da tela “A polaca”, costumava chamá-la de a “Monalisa paranaense”. E sempre desconfiou de que escondia uma história de amor. O filme tem pré-estreia para convidados amanhã, terça-feira, na Centro Feminino de Cultura, com a presença de Hedwiges, 104 anos.

Bom exemplo

O Pequeno Cotolengo de Curitiba, instituição que oferece acolhimento, saúde e educação a pessoas com deficiências múltiplas, venceu o concurso “Volkswagen na Comunidade 2013”, na categoria Sustentabilidade. O resultado foi divulgado na semana passada. O prêmio Volkswagen na Comunidade é dado a projetos sociais indicados por funcionários da fabricante de automóveis que atuam voluntariamente nessas organizações. A categoria “Sustentabilidade” premia a iniciativa que apresentou a melhor gestão do recurso recebido em edições anteriores da premiação. O Pequeno Cotolengo será beneficiado com R$ 40 mil.

Bairro santo

Alguns moradores do bairro Santa Felicidade, em Curitiba, podem dizer que têm uma santa na família. São os Boscardin, que junto com a comunidade da região comemoraram neste domingo os 125 anos de nascimento de Santa Bertila Boscardin, uma freira canonizada por João XXIII nos anos 1960. Atualmente, há em Curitiba uma paróquia em homenagem a ela no Bairro Alto, onde o pároco, padre Antônio, é chinês.

Banquete de leitura

Quem acompanha a coluna sabe que a gente adora divulgar boas ideias desenvolvidas com o apoio da internet. Aqui vai mais uma. Desafiando o hábito brasileiro de dedicar pouco tempo à leitura, duas sócias lançaram o Devoradores de Livros (www.devoradoresdelivros.com.br), site que busca incentivar as crianças a lerem e oferece questionários sobre obras nacionais. Funciona assim: ao ler um livro, a criança verifica se o quiz da obra está disponível e responde às perguntas. À medida que vai acertando, pode trocar os pontos que ganha por acessórios para turbinar o seu avatar (bonequinho que representa a criança no site). Há uma lista de mais de 500 questionários.

Colaboraram: José Carlos Fernandes e Marleth Silva.

o que você achou?

deixe sua opinião

PUBLICIDADE

últimas colunas de Entrelinhas

PUBLICIDADE