Vida e Cidadania

Fechar
PUBLICIDADE

RMC

Fugitivo se apresenta e diz que foi obrigado a fugir de delegacia

Segundo a polícia, ele estava na porta do quadrante que foi aberto pela quadrilha que promoveu a fuga na delegacia de Campina Grande do Sul, ocorrida na terça-feira (18)

 
0 0 COMENTE! [0]
TOPO

Um dos seis detentos que fugiram da delegacia de Campina Grande do Sul, na Região Metropolitana de Curitiba, se apresentou à polícia, por vontade própria, na tarde desta quarta-feira (19). O homem, cujo nome foi preservado pela delegacia, chegou acompanhado da mãe dele e disse que foi praticamente obrigado a fugir. Segundo a polícia, ele estava na porta do quadrante que foi aberto pela quadrilha que promoveu a fuga, ocorrida na madrugada de terça-feira (18). Os membros do grupo gritaram e o forçaram a sair, disse o detento.

O suspeito também teria sido obrigado a entrar no carro com o restante da quadrilha e a descer do veículo no Contorno Leste, em Piraquara. O homem, que mora em Campo Largo, se apresentou porque era um preso temporário, com detenção de apenas 30 dias, somente para não atrapalhar as investigações e para não se complicar ainda mais, explicou um investigador da delegacia que preferiu não se identificar. O investigador não soube precisar quando vence o prazo para que o suspeito seja libertado.

Assim como o homem que se apresentou, outro detento sem relação com a quadrilha foi levado com o grupo. O homem, no entanto, ainda não foi localizado.

Na tarde de terça-feira, seis homens foram detidos pela Polícia Militar por terem participado da fuga. Um deles estava preso na delegacia e fugiu. Os outros fazem parte da quadrilha especializada em crimes como tráfico de drogas e roubos.

Os suspeitos foram levados para o Centro de Operações Policiais Especiais (Cope). Até o momento, não há um destino definido para eles. A polícia continua as buscas pelos outros integrantes do grupo e pelos quatro fugitivos.

deixe sua opinião

PUBLICIDADE

mais lidas de Vida e Cidadania

PUBLICIDADE
Acompanhe a Gazeta do Povo nas redes sociais