Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
Foto: Divulgação
Foto: Divulgação| Foto:

Motivo de discussão nas redes sociais e em conversas de botequim, a proposta do governo Jair Bolsonaro de aumentar a pontuação máxima da CNH (Carteira Nacional de Habilitação) foi reprovada por 56% da população, de acordo com pesquisa Datafolha.

Já 41% dos brasileiros ouvidos são favoráveis à medida que muda de 20 para 40 pontos o limite para a suspensão da carteira por infrações cometidas no trânsito. 3% não souberam responder e 1% disse ser indiferente à questão.

O levantamento, divulgado pela Folha de S. Paulo, ouviu 2.006 pessoas com 18 anos ou mais, em 130 cidades brasileiras, no período de 4 e 5 de julho. Segundo o instituto, a margem de erro é de 2 pontos percentuais, para mais ou para menos, e o nível de confiança é de 95%.

Presidente Jair Bolsonaro entrega o Projeto de Lei a Rodrigo Maia, presidente da Câmara. Foto: Foto: Pablo Valadares/ Câmara dos Deputados
Presidente Jair Bolsonaro entrega o Projeto de Lei a Rodrigo Maia, presidente da Câmara. Foto: Foto: Pablo Valadares/ Câmara dos Deputados

O ministro da Infraestrutura, Tarcísio Freitas, afirmou que não vê problema nenhum na avaliação divulgada nesta segunda-feira (15) pela Folha.

Para ele, "se for essa a percepção de momento, a percepção histórica, isso não vai passar no Congresso. Porque o projeto foi submetido ao Congresso", ressaltou o ministro durante a coletiva de balanço de 6 meses da sua pasta.

A pesquisa abordou outros pontos polêmicos do Projeto de Lei entregue pelo governo federal à Câmara dos Deputados. A troca da multa por advertência no transporte de crianças de até 7 anos sem cadeirinha foi rejeitado por 68% dos entrevistados e aceita por 30%. 1% se mostrou indiferente e 1% não soube responder.

Foto: Bigstock/ Divulgação
Foto: Bigstock/ Divulgação

Na opinião de Freitas, abrandar a penalidade da cadeirinha tem por objetivo mostrar se a sociedade brasileira está ou não madura o suficiente para entender a importância do equipamento de segurança.

"Qual a resposta que eventualmente a sociedade está dando: não, eu preciso ser multado, se eu não for multado eu não vou preservar a vida do meu filho. Esse é o debate", argumentou.

>> Projeto propõe fim da obrigatoriedade de fazer autoescola para tirar a CNH

Já a proposta de Bolsonaro de cancelar a instalação de radares em rodovias federais acabou refutada por 67% pessoas que responderam à pesquisa, enquanto 30% apoiaram à decisão. A medida é indiferente para 1% e 2% não opinaram.

A maioria (41%) também disse acreditar que o pacote de mudanças na legislação apresentado pela equipe de Jair Bolsonaro tornará o trânsito mais violento. Para 20% ficará mais seguro e 36% afirmaram que nada irá mudar - 1% não souberam responder.

>> Governo oficializa as novas regras para tirar a CNH; veja o que muda

SIGA O AUTO DA GAZETA NO INSTAGRAM

Ver essa foto no Instagram

FIAT TORO GANHA ‘PORTA-MALAS’ A Fiat lança a linha 2020 da Toro com um tapa no visual e uma nova versão que apresenta uma solução usada nas décadas de 1980 e 90: a caçamba com capota marítima rígida. ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀ O item integra a configuração Ultra e terá acionamento elétrico. Feita em fibra de carbono, a novidade melhora a vedação acústica e a proteção contra infiltração de água, o que transforma o compartimento numa espécie de porta-malas para a picape. ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀ O proprietário terá a opção de removê-la e usar a caçamba no formato tradicional. ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀ Ao contrário do restante da linha, que chegará às lojas nos próximos dias, a Ultra só estreia em novembro baseada na versão Volcano 2.0 turbodiesel, de 173 cv e 35,7 kgfm, associado ao câmbio automático de nove marchas. ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀ O preço não foi revelado, mas deve ficar na faixa entre R$ 150 mil e R$ 160 mil. ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀ Outra novidade na Toro 2020 é o pacote personalizado S-Design para a versão Freedom, além das novas opções Endurance 1.8 flex manual e 2.0 turbodiesel AT6. ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀ No visual há uma leve alteração no para-choque frontal, que adotou um estilo que simula um quebra-mato, mas tem função apenas estética. Destaque ainda para a nova central multimídia de 7 polegadas. ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀ Os preços da picape variam de R$ 92.990 a R$ 159.990. ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀ Confira todos os detalhes do repaginada Toro no endereço www.gazetadopovo.com.br/automoveis ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀ #fiattoro #toro2020 #fiatbrasil #toroultra #fcalatam #fcabrasil #picape #capotamaritima #carros #veiculos #automoveis #gazetadopovo

Uma publicação compartilhada por Automóveis Gazeta do Povo (@autogazetadopovo) em

14 COMENTÁRIOSDeixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]