Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
Esboços encaminhados ao INPI pela Renault para o registro de patente do novo modelo. Foto: INPI/ Internet
Esboços encaminhados ao INPI pela Renault para o registro de patente do novo modelo. Foto: INPI/ Internet| Foto:

A reestilização de Sandero e Logan já tem data marcada para estrear no Brasil: julho. A informação foi divulgada pelo site Quatro Rodas.

Além da atualização visual, os modelos adotarão a nomenclatura já usada por Kwid e Captur. A versão de entrada Authentique passará a se chamar Life; a Zen entra no lugar da Expression; e a topo de linha será a Intense, em vez da Dynamique.

A dupla também receberá o câmbio automático do tipo CVT para a motorização 1.6, conjunto já usado por Duster e Captur.

Consultamos a montadora sobre a informação do site em relação ao lançamento em julho e a resposta foi de que "ainda não há uma data definida".

Caso se confirme, ocorrerá poucos meses após a Renault lançar a dupla como linha 2020, sem a renovação visual e somente com a atualização na central multimídia - agora com conexão Apple Car Play e Android Auto. Ou seja, os modelos terão duas linhas 2020 neste ano.

Foto: INPI/ Internet
Foto: INPI/ Internet

De qualquer forma a novidade virá no segundo semestre, aposentando a atual linha. A Renault até já baixou os preços de tabela dos compactos em até R$ 7,6 mil - outros carros da marca também tiveram reduções que alcançam a R$ 14 mil.

Talvez não seja o suficiente para evitar a chiadeira de clientes que compraram o veículo zero km e verão ele ficar 'ultrapassado' na virada do semestre com a vinda da atualização.

>> Renault lança o uso compartilhado do elétrico Zoe; 15 minutos a R$ 6

Esse tipo de prática não é comum, mas acontece. A Ford fez isso com a reestilização da terceira geração do Focus, que estreou em agosto de 2015. À época, a marca concedeu 15% de desconto na troca do 'antigo' pelo novo.

A Volkswagen também renovou a terceira geração de Gol e Voyage em julho de 2012, logo depois de colocar nas lojas a linha 2013 sem as alterações.

O que muda no visual?

As imagens que ilustram essa matéria são esboços do desenho industrial encaminhado pela Renault ao INPI (Instituto Nacional da Propriedade Industrial), responsável pelos registros de marcas e patentes.

E eles revelam que a atualização de Sandero e Logan será sutil. A frente ganhará novos para-choques, faróis com elementos internos redesenhados e grade com filetes cromados.

Foto: INPI/ Internet
Foto: INPI/ Internet

Na traseira a mudança será mais radical no Sandero, com um novo formato das lanternas que lembram às do Fiat Argo. Serão bipartidas e invadirão a tampa do porta-malas. Já no Logan, as lanternas receberão novos elementos internos.

A versão Stepway do hatch seguirá com o apelo aventureiro da suspensão elevada, caixas de roda e rack no teto. A novidade é que esta configuração deve chegar ao Logan também, como já acontece no mercado da Rússia.

 Foto: Reprodução/ Internet
Foto: Reprodução/ Internet

>> VW lançará carro inédito abaixo do T-Cross: “nem parece um Volkswagen”

A expectativa é de que o interior seja renovado, melhorando o visual espartano e melhorando o material plástico usado no painel e também nos revestimentos de portas.

Os modelos vão incorporar equipamentos, como controle de estabilidade, hoje oferecido apenas na versão esportiva R.S. (as com câmbio automatizado Easy´R, descontinuado, também tinham) e airbags laterais.

Os motores permanecem o 1.0 SCe, de 82/79 cv, e o 1.6 SCe, de 120/118 cv. O 2.0, de 150 cv, continua exclusivo do esportivo Sandero RS.

>> Crash test: os 10 carros campeões em segurança vendidos no Brasil

SIGA O AUTO DA GAZETA NO INSTAGRAM

8 COMENTÁRIOSDeixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]