Seu app Gazeta do Povo está desatualizado.

ATUALIZAR

PUBLICIDADE
  1. Home
  2. Automóveis
  3. Placa do Mercosul é adiada de novo, para junho de 2019

novela da placa

Placa do Mercosul é adiada de novo, para junho de 2019

Esta é a quarta mudança no cronograma de adoção da placa, já usada na Argentina e no Uruguai

  • Redação
Alguns estados, como Rio de Janeiro e Bahia, ainda na tentativa de cumprir os prazos anteriores, já estão utilizando o novo padrão de placas.  | MAURO PIMENTEL/AFP
Alguns estados, como Rio de Janeiro e Bahia, ainda na tentativa de cumprir os prazos anteriores, já estão utilizando o novo padrão de placas.  MAURO PIMENTEL/AFP
 
0 COMENTE! [0]
TOPO

O Conselho Nacional de Trânsito (Contran) adiou novamente nesta sexta-feira (28) a implantação das placas padrão Mercosul. Desta vez, para junho de 2019.

Gazeta do Povo já tinha falado dessa possibilidade há duas semanas, quando a Comissão de Viação e Transportes da Câmara dos Deputados aprovou um requerimento do Denatran pedindo a prorrogação da implantação do dispositivo descrita na Resolução 729/2018.

>> Bolsonaro quer ampliar de 5 para 10 anos validade da CNH

Com o novo prazo, os estados e o Distrito Federal têm até 30 de junho de 2019 para se adequar. Uma nova resolução, alterando a 729/2018 e com um novo calendário, especificado por estado, ainda não foi publicada.

Rio de Janeiro e Bahia, no entanto, até pelos prazos divulgados anteriormente, já estariam utilizando o novo modelo.

Esta é a quarta mudança no cronograma de adoção da placa, já usada na Argentina e no Uruguai, que deveria ter entrado totalmente em vigor no país até o fim de 2018.

>> Obituário: os carros que deram adeus em 2018

Entre os motivos para o adiamento da vigência estaria a ausência do chip, que facilita a identificação do veículo e desobriga a instalação de lacre.

O Denatran já havia informado que a presença desta tecnologia ocorrerá num segundo momento, enquanto isso o chip será substituído pela leitura do QR Code, já presente nas novas placas.

>> IPVA 2019: confira as datas para o pagamento

Para quem será obrigatório?

O modelo Mercosul é obrigatório para os veículos zero km, troca de município ou propriedade e em outras situações que exijam a substituição, danos ou troca de categoria, além, é claro, para aqueles que desejarem substituir por vontade própria.

As novas placas têm sempre fundo branco e possuem quatro letras e quatro números misturados. 

O que difere as categorias é a cor da fonte: veículos de passeio - cor preta; veículos comerciais - vermelha; carros oficiais - azul; em teste -verde; diplomáticos - dourado; e de colecionadores - prateado.

>> Melhores e piores marcas de carro nas avaliações do Reclame Aqui

/ra/pequena/Pub/GP/p4/2018/12/28/Automoveis/Imagens/Cortadas/Placa Mercosul 1-kkKD-ID000002-1024x683@GP-Web.jpg
O sistema terá cores diferentes para numeração e letras, conforme o tipo de utilização do veículo.Divulgação

SIGA O AUTO DA GAZETA NO INSTAGRAM

8 recomendações para você

deixe sua opinião

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE