i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
Na china

Uso indevido do farol alto faz motoristas provarem do próprio veneno

    • Da Redação
    • 21/11/2016 16:50
     | /
    | Foto: /

    A polícia de trânsito de Shenzhen, no Sul da China, usa um método pouco comum para conscientizar os motoristas locais sobre os riscos de deixar o farol alto ao cruzar ou se aproximar de um outro veículo.

    Se forem pegos nesta condição, serão multados em 300 yuans (algo perto de R$ 150). Além de pesar no bolso, os condutores são ‘convidados’ a se sentar por um minuto diante de um carro com o farol alto ligado.

    O propósito é mostrar a eles o incômodo que as luzes altas causam a outros motoristas ao volante.

    A polícia chinesa divulgou as fotos da ação nas mídias sociais e obteve a aprovação das pessoas. Algumas até comentaram que um minuto é até pouco. Um portal de notícia chinês fez um levantamento com os leitores e 90% aprovaram esse tipo de sanção.

    LEIA TAMBÉM: Adesivo macabro é usado para assustar motoristas que abusam do farol alto 

    No entanto, há quem se mostrou preocupada com o fato de que a punição pode prejudicar seriamente a visão: “Esta é uma violação dos direitos humanos”, disse uma delas.

    A autoridade de trânsito de Shenzhen costuma praticar punições nada convencionais. No ano passado, ela fazia o pedestre que atravessava a rua desobedecendo aos regulamentos a escolher entre pagar uma multa ou vestir um chapéu verde e colete enquanto ‘administra’ o tráfego em um cruzamento.

    Pedestre que atravessava a rua desobedecendo as regradas ’pagam mico’ na China.
    Deixe sua opinião
    Use este espaço apenas para a comunicação de erros
    Máximo de 700 caracteres [0]

    Receba Nossas Notícias

    Receba nossas newsletters

    Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

    Receba nossas notícias no celular

    WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

    Comentários [ 0 ]

    O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.