Restaurantes

Edital da licitação dos food trucks, em Curitiba, sairá até o fim de maio

Anúncio foi feito pelo secretário de Urbanismo, Reginaldo Cordeiro, em entrevista exclusiva à Gazeta do Povo. Licitação vai definir os 40 locais públicos onde eles poderão estacionar

por Andrea Torrente Publicado em 17/05/2016 às 18h
Compartilhe
Food trucks na Musicletada curitiba

Foto: Daniel Castellano/Gazeta do Povo

Os food trucks podem começar a esquentar o motor. O edital de licitação que definirá locais públicos e horários em que os caminhões de comida podem estacionar em Curitiba sairá até o fim de maio. A promessa foi feita nesta terça-feira (17) pelo secretário de Urbanismo, Reginaldo Cordeiro, em entrevista exclusiva à Gazeta do Povo.

>>> Empresários explicam custos e lucro dos food trucks

>>> Impasse entre Prefeitura e empresários emperra a legalização dos trucks em locais públicos

>>> Conheça 7 food bikes de Curitiba

“Uma comissão especial da Secretaria de Abastecimento com membros de outras Secretarias e da Vigilância Sanitária está fazendo as últimas reuniões para acertar os detalhes. Na sexta-feira [20] anunciaremos a data do edital de licitação, que deverá ocorrer em até 30 dias, mas provavelmente será publicado já na semana que vem”, explicou Cordeiro.

Ainda não foram divulgados todos os locais públicos em que os caminhões poderão estacionar e servir comida, mas o secretário adiantou que serão 40 pontos e um total de 60 licenças para os food trucks ou seja, em alguns locais haverá mais de um caminhão de comida. “Serão praças e parques que terão uma circulação rotativa; cada truck poderá ficar 4 horas no local, depois se deslocará para outro ponto”, disse o secretário.

Entre os locais públicos selecionados pela Prefeitura estão a Praça 29 de março e os parques Barigüi (que receberá dois trucks), Tingui (também dois), Tanguá e São Lourenço. Os horários em que os food trucks poderão servir comida vai das 11h às 15h e das 17h às 21h.

A licitação é aguardada pelos empresários do setor desde julho de 2015, quando a lei que regulamenta os food trucks em via pública foi sancionada pelo prefeito Gustavo Fruet. Contudo um imbróglio burocrático entre os empresários e a Prefeitura emperrou o lançamento do edital.

Compartilhe

8 recomendações para você