Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
vila santan
A Santan, que estimula o trabalho de pequenos produtores,, assume parte do Mercado Muncipal de São Paulo.| Foto: Bigstock

O espaço de eventos do Mercado Municipal de São Paulo, na capital paulista, passará por uma reforma completa e vai se transformar na Vila Santan, uma área que reunirá bancas, incluindo um açougue, para que pequenos produtores possam vender seus produtos diretamente ao consumidor final, além de padaria e restaurantes, que vão utilizar ingredientes vindos diretos do campo.

O empreendimento, com cerca de 800 metros quadrados, também será ponto de venda dos produtos da Santan, startup criada no Paraná que trabalha com produtos direto da roça para atender o setor de food service de alta qualidade.

O anúncio foi feito por André Santin, idealizador e CEO da Santan, e Aldo Bonametti, presidente do conselho de administração do Mercado Municipal de São Paulo, que passou por um processo de concessão pública no ano passado. As obras começam em fevereiro e a Vila Santan deve receber o público a partir de junho.

“Teremos no espaço um serviço inédito, similar ao que grandes capitais pelo mundo oferecem: ali o cliente vai encontrar produtos de qualidade, regionais, de agricultura familiar, sustentáveis”, conta Santan.

vila santan
O projeto da Vila Santan assinado pelo escritório de arquitetura Edgar Ribeiro prevê padaria, restaurante, açougue e bancas.| Divulgação

O empresário explica que o empreendimento vai atender o consumidor final e também o setor gastronômico. “Assim contribuímos para a economia dos produtores rurais e também dos restaurantes, que terão acesso a insumos muito melhores”, avalia.

Ele explica que a Vila Santan terá bancas fixas e outras temporárias, para que mais produtores tenham acesso ao público do Mercado Municipal. Já o açougue, a padaria e os restaurantes terão participação direta da Santan na gestão e operação. A curadoria das bancas fixas e dos parceiros está a cargo da jornalista gastronômica Jussara Voss, que também assina a coluna Vosso Blog de Comida, do Bom Gourmet.

vila santan
André Santin, idealizador e CEO da Santan, e Aldo Bonametti, presidente do conselho de administração do Mercado Municipal de São Paulo.| Divulgação

Atualmente, a startup trabalha com parcerias com produtores rurais do sudoeste e oeste do Paraná oferecendo, por meio de sua plataforma, produtos como porco caipira, aves, hortifrutis, manteiga, nata, orgânicos, queijo, charcutaria, mel e até café do norte paranaense. “Com este projeto, iremos atender mais produtores e aumentaremos a escala dessa cadeia de insumos”, diz Santan.

O projeto da Vila Santan é assinado pelo escritório de arquitetura Edgar Ribeiro, especializado em projetos gastronômicos, e será executado em parceria com um grupo de empresários e investidores. O valor do investimento não foi revelado.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]