Restaurantes

Roteiro

Onde comer comida árabe em Curitiba

Confira 15 lugares onde é possível encontrar pratos clássicos, como quibe cru e esfihas, até outros pouco conhecidos, além de doces

por Marina Fabri, especial para a Gazeta do Povo Publicado em 13/02/2017 às 07h
Atualizado em 27/06/2017 às 18h
Compartilhe

Esfihas, quibe cru, hommus, arroz com lentinha, pizza libanesa… Quem é fã de comida árabe tem diversas opções de restaurantes em Curitiba – o Bom Gourmet listou alguns deles abaixo:

Oriente Árabe

Foto: Marcelo Krelling/Divulgação

Foto: Marcelo Krelling/Divulgação

Um dos restaurantes árabes mais tradicionais de Curitiba, o Oriente Árabe tem mais de 45 anos de atendimento ininterrupto e conta com um cardápio construído com base na tradição da culinária do Oriente Médio, com petiscos tradicionais como falafel, sfihas, kibe frito; especialidades árabes como kafta, fatouch, haname; pratos com couscous marroquino e diversos combos, que também estão disponíveis para delivery. O restaurante serve um rodízio árabe por R$ 77, que inclui os seguintes pratos a vontade: kibe cru, tabule, hommus, babaganuch, coalhada seca, salada, kibe frito, sfiha, falafel, pão árabe, kafta assada, cordeiro, michui de frango, michui de carne, charuto de repolho, charuto de parreira, abobrinha recheada, arroz com lentilhas, arroz com aletria (macarrão cabelo de anjo).

Serviço: Rua Kellers, 95, São Francisco, Curitiba. Os telefones para contato são (41) 3224-2061 ou (41) 3324-5421. Abre de terça a sábado das 11h às 23h e domingo das 11h às 15h30.

* * *

BaraQuias

Ali Baba, prato de carré de cordeiro com couscous marroquino. Foto: Divulgação

Ali Baba, prato de carré de cordeiro com couscous marroquino. Foto: Divulgação

Há 8 anos em Curitiba, o Restaurante Baraquias tem diversas opções de pratos típicos da culiária árabe. No almoço uma opção de prato executivo a R$ 34,90 tem salada (fatuche ou kisir), arroz de lentilha, cebola crocante, batata libanesa e uma opção de proteína (entre kafta, mignon, falafel e frango). Para o happy hour, de segunda a sexta-feira, uma boa pedida são as cerca de 30 opções de esfihas oferecidas pela casa (de R$ 9,70 a R$ 13,90) os espetinhos de frango e mignon (de R$ 12,90 a R$ 15,50) e os kibes crus, assados e fritos (de R$ 8,90 a R$ 15,90). E para o jantar uma boa sugestão é o Ali Baba (R$ 69,90), prato de carré de cordeiro com couscous marroquino, que pode ser “harmonizado” com o arak, bebida libanesa destilada com sabor de anis.

 

Serviço: tem quatro unidades em Curitiba – Rua Manoel Eufrásio, 637, Juvevê – (41) 3387-9050, abre de terça a domingo das 12h às 23h; Avenida Iguaçu, 2.820, Água Verde – (41) 3244-2711, abre de domingo a quinta das 11h30 às 23h e sextas e sábados das 11h à 0h; ParkShoppingBarigui – (41) 3317-6300, abre segundas e terças das 12h às 23h, de quarta a sábado das 12h à 0h e domingos e feriados das 12h às 22h; Shopping Curitiba – (41) 3026-1000, abre de segunda a sábado das 11h45 às 23h e domingos e feriados das 11h45 às 22h.

* * *

Armazém Califórnia

Foto: Daniel Derevecki/Gazeta do Povo

Foto: Daniel Derevecki/Gazeta do Povo

O restaurante Armazém Califórnia funciona nos fundos de um empório de produtos árabes e da sua cozinha saem pratos típicos da culinária árabe, como o arroz com lentilha, carne e cebola caramelizado (R$ 21,50, porção individual e R$ 42,50, duas pessoas nos dias de semana e nos finais de semana R$ 23,50 e R$ 46,50), um dos pratos mais pedidos na casa. No balcão, os clientes podem escolher entre esfihas abertas, sendo a de carne a mais famosa por R$ 3, a esfiha integral de espinafre (R$ 3,50), pão de zaatar com queijo e tomate assado no azeite de oliva (R$ 6,50), quibes (de R$ 4,50 a R$ 6)  e os mais de 20 tipos de doces árabes (R$ 6 até R$ 7,50). No empório encontram-se ainda diferentes grãos, temperos, mais de 70 rótulos na carta de vinhos e cervejas com mais de 120 rótulos.

Serviço: Rua Saldanha Marinho, 68, Centro – (41) 3224-5629. Aberto de segunda à sexta-feira, das 9h às 20h e sábados, das 9h às 17h.

* * *

Baba Salim

Pizza do Baba Salim, um dos destaques do cardápio. Foto: Marcelo Andrade.

Pizza do Baba Salim, um dos destaques do cardápio. Foto: Marcelo Andrade.

Uma pizza que não é redonda e ainda leva gergelim na massa: essa é a pizza libanesa (R$ 42,90), um dos destaques do Baba Salim, que leva muçarela, tomate, cebola, azeitona e orégano, além dos pedaços de tomate (já que o prato não leva molho de tomate). Além dela, o restaurante também tem disponíveis opções como esfihas de sabores variados (a partir de R$ 2,50), quibe cru (R$ 28,90 a porção para duas pessoas), quibe frito (R$ 22,90 a porção com seis) e quibe assado (R$ 9,90 o pedaço).

Serviço: Rua Amintas de Barros, 45, Centro – (41) 3222-7672. Abre de segunda a sábado das 18h a 1h.

* * *

Le Liban

Comida árabe no Le Liban. Foto: Divulgação

Comida árabe no Le Liban. Foto: Divulgação

Aberto em 2007, o Le Liban vende não apenas opções clássicas da culinária árabe, mas também especiarias, bebidas e objetos decorativos. No menu, os destaques vão para o combinado Le Liban 2, que vem com uma seleção de coalhada, quibe cru, pasta de berinjela e tabule (R$ 53,80 para duas pessoas), para a Baklewa, um folhado doce de nozes (R$ 9) e também para o arroz com cordeiro e amêndoas, que é servido apenas aos sábados (R$ 44,50 a porção). Nas sextas é possível pedir o Sadie, peixe a milanesa feito com cuscuz marroquino, maionese de leite e salada, por R$ 36. Uma das especialidades da casa são os doces árabes, a casa conta com mais de 5 opçõe spara venda

Serviço: Rua Augusto Stresser, 1570, Hugo Lange – (41) 3026-5554. Abre de segunda a sábado das 10h às 21h45.

* * *

Cantinho Árabe

Esfihas do Cantinho árabe custam R$ 2 ou R$ 2,30. Foto: divulgação.

Esfihas do Cantinho árabe custam R$ 2 ou R$ 2,30. Foto: divulgação.

No Cantinho Árabe, o destaque vai para as esfihas de carne, queijo, coalhada, frango ou espinafre (R$ 2 a versão quadrada e R$ 2,30 a redonda) e para alguns pratos tradicionais que são vendidos tanto para viagem quanto para comer no local, como quibe cru (R$ 60 o quilo para levar ou R$ 44 a porção para duas pessoas no local, acompanha salada e pão sírio) e pastas, como homus e babaganoush (R$ 55 o quilo para levar ou R$ 30 a porção para até três pessoas, acompanha pão sírio).

Serviço: Rua Schiller, 1967, Hugo Lange – (41) 3264-1318. Abre de segunda a sábado das 11h às 22h e domingo das 11h às 16h.

* * *

Al Beirut

No Al Beirut, a porção de esfihas de carne (R$ 36, 6 unidades) é uma das mais pedidas, junto com a de quibe cru (R$ 29). Além disso – e das opções clássicas da culinária árabe, como pastas e arroz com lentinha – o menu tem também kafta bovina (R$ 26) e de carneiro (R$ 29). O Al Beirut que hoje fica na Rua Conselheiro Carrão é a antiga unidade do Cristo Rei (na Av. Senador Souza Naves), apenas em novo endereço.

Serviço: Rua Conselheiro Carrão, 397, Juvevê – (41) 3362-1738. Abre de segunda a sexta-feira das 11h30 às 14h30 e das 18h às 23h e sábado das 11h30 às 23h. E Alameda Princesa Isabel, 2976, Bigorrilho – (41) 3042-8801. Abre de segunda a sexta das 18h às 22h00, sábados das 11h30 às 15h30 e das 18h às 22h00; e domingos das 11h30 às 15h30.

* * *

Patrício

Namura, uma das sobremesas servidas no Patricio. Foto: divulgação.

Namura, uma das sobremesas servidas no Patricio. Foto: divulgação.

Aberto em 1987, o Patrício é comandado pela libanesa Jamile Abboud. Nos fins de semana, o restaurante serve buffet livre com esfiha, quibe frito, cafta, arroz com lentinha, abobrinha recheada e outros clássicos da culinária árabe (R$ 53 por pessoa), enquanto nos demais dias o menu é à la carte, com os mesmos pratos que são servidos no buffet. Neste caso, um dos mais pedidos é o quibe cru (R$ 17 a porção). O Namura, um doce árabe que leva manteiga, semolina e amêndoas na massa, é cortesia.

Serviço: Avenida Silva Jardim, 4261, Seminário – (41) 3242-0268. Abre de terça a sábado das 11h às 14h e das 18h às 22h; domingo das 11h às 15h30. 

* * *

Bagdá Café

Para quem não quer apenas apreciar a culinária, mas conhecer um pouco mais da cultura árabe, o Bagdad Café é o lugar. O bar tem apresentações de dança do ventre todos os dias, intercaladas com atrações musicais. O destaque vai para as noites de quinta, onde sete bailarinas apresentam várias modalidades de dança árabe. No cardápio, estão algumas opções de rodízio árabe – às terças, quartas e sextas, o rodízio de tabule, pastas, esfihas, charuto de repolho, arroz com lentilha e outros sai por R$ 36 por pessoa. Há também outras opções de rodízio a partir de R$ 52. No menu à la carte, um dos carros-chefe é a tábua de frios árabe, com quibe cru e pastas (hammus, berinjela e coalhada) por R$ 44 para duas pessoas.

Serviço: Rua Padre Anchieta, 262, Mercês – (41) 3336-2421. Abre terças e quartas das 19h à 1h30 e de quintas a sábados das 19h às 3h.

* * *

Nayme 

kibe cru curitiba nayme

O burj é um kibe cru em camadas coberto com nata fresca e cebola crocante. Foto: Letícia Akemi/Gazeta do Povo.

Aberto num casarão na Avenida Vicente Machado, o Empório Nayme serve algumas opções menos conhecidas dentre os clássicos da cozinha sírio-libanesa. Uma delas é o burj, palavra árabe que significa torre – o prato é uma espécia de lasanha, com camadas intercaladas de kibe cru, tabule, carne moída refogada com nozes, castanhas, amêndoas e cebola crocante (R$ 43 para duas pessoas ou R$ 29 a porção individual). Outro destaque da casa é o nevve royalle, uma sequência que custa R$ 75 por pessoa e inclui 11 pratos mais a sobremesa. Dentre os pratos estão o quibe cru, a pasta coalhada, hammus, babaganuche, salada tabule, pão árabe, trio de charutinhos de folha de parreira, repolho e couve, arroz com lentinha, kafta de carne, quibe cozido na coalhada e a esfiha de carne.

Serviço: Avenida Vicente Machado, 1.482, Batel – (41) 3308-1882. Abre de terça a sábado das 12h às 15h e das 19h à 0h; domingos das 12h às 16h.

* * *

Velho Oriente

velho-oriente

Rodízio custa R$ 56,90 de terça a sexta. Foto: Divulgação.

Para quem quer provar um pouco de tudo, o Velho Oriente tem rodízio árabe (R$ 56,90 de terça a sexta ou R$ 60,90 aos sábados, domingos e feriados), que é uma sequência de pratos frios e quentes, como pastas, tabule, quibe, arroz com lentilha, charutinhos de repolho e folha de uva, kafta no espeto e outros. Além disso, a casa tem também cardápio à la carte, com destaque para as pizzas libanesas – são quatro sabores, como carne com queijo, linguiça de cordeiro, cogumelo e beirute (a partir de R$ 36, para duas pessoas). O restaurante não cobra rolha nem taxa de serviço.

Serviço: Avenida Água Verde, 1.551, Água Verde – (41) 3343-2007. Abre de terça a sexta das 18h30 às 23h30; sábados das 11h30 às 15h30 e das 18h30 às 23h30; e domingos das 11h30 às 16h. Também faz delivery.

* * *

Al Zaeim

hommus al zaeim divulgação

Hommus, pasta de grão de bico (R$ 15, 200 g); a casa serve também outras pastas como babaganouch (berinjela) e coalhada. Foto: Divulgação.

Comandado pelo refugiado sírio Wael Al Zaeim, o Al Zaeim serve alguns combos para até três pessoas – o primeiro vem com kafta, mjadra (arroz com lentilha), hommus, tabule e esfihas (R$ 50), enquanto o segundo tem kibe cru, babaganouch e labne (coalhada) e sai por R$ 70. O menu conta também com clássicos como kibe frito (R$ 6), shawarma de carne (R$ 15) ou frango (R$ 15) e esfihas (R$ 6 cada). Por lá, também dá para experimentar o arak, uma famosa bebida alcóolica de anis (R$ 20 a dose).

Serviço: Rua Alferes Ângelo Sampaio 1.764, Batel – (41) 99696-2480. De terça a domingo das 11h30 à 23h. Aceita encomendas e pedidos para delivery.

* * *

Suryana

O sanduíche de falafel com hommus acompanha três unidades do bolinho de grão de bico frito (R$ 13,99). Foto: Fernando Zequinão/Gazeta do Povo.

O sanduíche de falafel com hommus acompanha três unidades do bolinho de grão de bico frito (R$ 13,99). Foto: Fernando Zequinão/Gazeta do Povo.

Maher e Sherin Jarrah, também refugiados, são o casal a frente do Suryana, que tem como destaque o quibe cru servido com pepino em conserva, pasta de alho, cebola, tomate e salada (R$ 19,99 para uma pessoa). Mas o menu tem também opções como o falafel e o shawarma com fritas, salada, pasta de alho e tomate (ambos por R$ 13,99 cada). Maher produz também sorvete caseiro de diversos sabores (R$ 4,99, 100 g) e vende hommus (pasta de grão de bico) e babaganouch (pasta de berinjela) para os clientes que preferirem levar para casa (R$ 60 o quilo). O restaurante serve todos os dias no almoço buffet de comida árabe (R$ 3,99 cada 100 gramas).

Serviço: Rua Carlos de Carvalho 603, na loja 1 da Galeria Omni, Centro – (41) 9997-41252. Abre de segunda a sábado, das 11h às 21h; domingo das 12h às 21h.

* * *

Saad Bistrô

O destaque vai para os combinados. O combinado frio vem com porções de pastas (coalhada, hommus, babaganoush, berinjela mediterrânea), tabule e kibe cru e custa R$ 75 para duas pessoas e acompanha pão árabe, enquanto o quente vem com pratos como charutos de parreira, repolho e couve recheados de arroz e carne, kafta, espetinhos, falafel e arroz com lentinha (R$ 75 para duas pessoas).

Além disso, faz sucesso também o kibe frito de carneiro, que é vendido por unidade (R$ 12) ou em versão mini (R$ 25 a porção) – mas o restaurante serve também a versão tradicional, de carne bovina. Tem também opção vegetariana de kibe frito de batata

Serviço: Rua Petit Carneiro, 524 – (41) 3566-6666. Abre de terça a sábado das 12h às 15h e das 18h30 às 23h, domingos das 12h às 15h.

* * *

Al Bait Alsury

Kibe frito Foto: Fernando Zequinão/Gazeta do Povo.

Kibe frito Foto: Fernando Zequinão/Gazeta do Povo.

A síria Juháina Alnaim é quem comanda a pequena lanchonete Al Bait Alsury, no Centro de Curitiba, onde serve várias especialidades árabes. O destaque vai para o kibe preparado em cinco versões: recheado com carne e assado na churrasqueira (R$ 6 a unidade), recheado com coalhada e frito (R$ 5,50), recheado com pasta de grão-de-bico e frito (R$ 5,50), ou de forma assado no forno (R$ 4 o pedaço). Tem também a porção com quatro minikibes acompanhando 50g de coalhada seca por R$ 10. Por lá, ainda dá para saborear as tradicionais pastas árabes, falafel, abobrinha recheada com arroz e, para completar, doces como Namura. Os doces custam a partir de R$ 5 a unidade.

Serviço: Travessa da Lapa 460, loja 5, Centro – (41) 3040-9952/(41) 99775-9105/(41) 99919-9650. Abre de segunda a sexta das 8h às 20 h e sábados das 8h às 18h.

Compartilhe

8 recomendações para você