i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
Documentário

Ninguém parece gostar de vinho em “Somm”

Filme na Netflix mostra o esforço de quatro americanos para passar no prestigioso teste de “mestre sommelier”

  • PorIrinêo Baptista Netto
  • 20/08/2015 17:21
Nas laterais da mesa estão os quatro aspirantes a mestre sommelier do documentário “Somm”. | Divulgação
Nas laterais da mesa estão os quatro aspirantes a mestre sommelier do documentário “Somm”.| Foto: Divulgação

“Somm” é a gíria para sommelier, o especialista em vinho, que dá nome ao documentário de 2012. O filme, disponível na Netflix, acompanha quatro profissionais que se preparam para o teste mais importante de suas carreiras, o de “Master Sommelier”.

A entidade que atribui esse título é europeia e poucos conseguem passar nas três etapas de avaliação: teoria, nariz e serviço. Existem apenas 230 mestres sommeliers no mundo inteiro.

Os aspirantes ao título precisam saber de cabeça uma quantidade insana de informações bizarras – como as obscuras regiões produtoras dos Bálcãs –; devem ser capazes de reconhecer as características de um vinho apenas pelo bouquet e, depois de prová-lo, chegam ao ponto de dizer o nome do produtor e safra (mas nem sempre acertam); por fim, precisam saber falar e vender o vinho para um cliente (daí o serviço).

Os quatro americanos não são carismáticos – oscilam entre extremos de arrogância e insegurança –, mas o filme tem bons momentos. É divertido, por exemplo, vê-los listar até 12 aromas diferentes para um vinho quando cientistas argumentam que a maioria das pessoas consegue reconhecer quatro aromas distintos numa mesma fonte (os de olfato extraordinário reconhecem, no máximo, seis).

Filmes passeiam pelo mundo do vinho

Disponíveis no Netflix, produções falam de Borgonha e Champagne, na França

Leia a matéria completa

Assim um sujeito faz movimentos circulares com a taça, arejando o vinho, e depois leva ao nariz uma, duas, seis vezes, intercalando as frases. E dispara: “No nariz é limpo e não detecto imperfeições. Tem uma intensidade moderada, é jovial. Tem aromas ‘feridos’: maçã machucada, pera machucada, pêssego machucado... Madressilva, camomila, lavanda, um pouco de botrytis [um fungo mortal para o vinho], calcário, lã molhada... Feno, pistache e chá”. Outro, em meio a uma lista extensa de odores, detecta o cheiro de “lata de bolas de tênis recém-aberta”!

O filme também deixa claro que existe muita gente esnobe interessada em vinho e mostra uma parte importante da indústria movimentada por ele. E essa parte tem pouco a ver com os produtores conversando com suas videiras e brindando o fim da colheita.

“Somm” tem alguns problemas. Um deles é a insistência do diretor Jason Wise em explodir taças de vinho. São vinhetas que ele usa para separar um capítulo do outro.

A imagem não significa nada na história que está contando e, depois da terceira vinheta, fica irritante. É como se ninguém ali – nem o diretor, nem os aspirantes a mestre sommelier – gostasse mesmo de vinho. Na verdade, um dos estudantes diz que não vê a hora de terminar a prova e ficar um tempo só tomando cerveja porque não aguenta mais pensar em vinho. Esse cansaço, como o de alguém que estuda para um vestibular, parece estragar o documentário todo.

Abaixo, o trailer de “Somm”:

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 0 ]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.