Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
Com o lance embutido é possível abreviar a contemplação e realizar o sonho da casa própria mais rápido.
Com o lance embutido é possível abreviar a contemplação e realizar o sonho da casa própria mais rápido.| Foto: ShutterStock
  • Por Ademilar
  • 22/06/2020 00:01

O consórcio de imóveis, modalidade que conquista cada vez mais brasileiros, apresenta duas formas de contemplação: sorteio e lance (antecipação do pagamento das parcelas). Existem três tipos de lance - livre, fixo e limitado - e diferentes maneiras de quitá-lo. Uma delas é o chamado lance embutido, quando o consorciado desconta o valor do crédito contratado, uma alternativa interessante para quem não possui recursos próprios para a oferta.

Por exemplo, se o crédito contratado for de R$ 300 mil, e o lance embutido for R$ 100 mil, o consorciado terá um crédito disponível de R$ 200 mil. Vale lembrar que é feita uma oferta, ou seja, caso a pessoa não seja contemplada, não é necessário pagar o lance.

Tatiana Schuchovsky Reichmann, diretora-presidente da Ademilar, explica que se o lance for o vencedor, o consorciado pode escolher como prefere que a amortização aconteça. “É possível diminuir o número de parcelas a serem pagas, reduzindo o prazo até a quitação do plano, ou o valor da prestação mensal”, afirma.

O lance embutido pode ser parcial ou total. No primeiro caso, o consorciado utiliza parte do valor do crédito mais recursos próprios para pagar o lance, enquanto no segundo, o valor oferecido é descontado integralmente do crédito.

O consorciado também pode usar o FGTS para o pagamento. Neste caso, a liberação acontece conforme as normas do Conselho Curador do FGTS. “É importante consultar profissionais especializados para orientar quanto ao melhor momento de ofertar um lance e o valor adequado para isso”, explica Tatiana.

Consórcio, sinônimo de planejamento

Com o consórcio imobiliário, é possível planejar a aquisição, reforma ou construção de um imóvel.  A modalidade funciona como uma compra compartilhada, a partir da qual pessoas se reúnem em grupo e pagam parcelas mensais para a conquista de objetivos em comum. Todo mês, um ou mais consorciados, por grupo, são contemplados com a carta de crédito. No consórcio, não há cobrança de juros, o que torna a modalidade ainda mais atrativa.

A popularidade do segmento pode ser traduzida em números. De acordo com dados da Associação Brasileira de Administradoras de Consórcios, ABAC, no primeiro trimestre de 2020, o volume de créditos comercializados totalizou R$ 12,38 bilhões, um salto de 31,8% em relação aos três primeiros meses de 2019.

Tire suas dúvidas sobre lance embutido e outras curiosidades e novidades sobre consórcios no #AdemilarResponde: