Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
Base da Intersept: profissionais capacitados em ambiente controlado, com segurança e tecnologia para agir de acordo com as necessidades dos condomínios de Curitiba.
Base da Intersept: profissionais capacitados em ambiente controlado, com segurança e tecnologia para agir de acordo com as necessidades dos condomínios de Curitiba.| Foto: Divulgação
  • Por Intersept
  • 22/01/2021 10:32

Você sabe como funciona uma portaria remota em Curitiba? Quais são seus principais atrativos e benefícios? Em que tipos de condomínios ela pode ser implantada e quando é vantajosa? Apesar de ainda ser uma novidade no Brasil, ela já existe no exterior há quase 20 anos, quando as primeiras empresas do ramo surgiram nos Estados Unidos. Aqui, a tecnologia vem chegando aos poucos, trazendo inovação às cidades. Alia modernidade, redução de custos e segurança e pode ser um dos principais exemplos de automatização de condomínios.

Basicamente, a portaria remota é um serviço de portaria a distância, em que a entrada e a saída de pessoas são controladas por uma central, por meio de câmeras de segurança e contato com a central via internet ou link ponto a ponto. Na central, ficam os profissionais que atendem as portarias, em ambiente seguro, controlado e com supervisão constante, para que os serviços sejam bem executados.

De acordo com Lauro Jaekel, vendedor técnico da Intersept, empresa que atua há 21 anos com sistemas de vigilância e segurança, a portaria remota em Curitiba é vantajosa em várias questões: no controle de entrada e saída de pessoas; na privacidade dos moradores; na economia de custos para o condomínio, que pode ser de até 65%; e na segurança, visto que o porteiro não é preparado para exercer tal função e o operador da portaria fica em uma base em ambiente controlado.

“Dizemos que nosso serviço de portaria remota é humanizado, só que a guarita fica em nossa base, em ambiente seguro. Pode ser implantado em condomínios de casas ou apartamentos e independe da quantidade de unidades. Oferecemos o combo, que é composto pela parte tecnológica, os equipamentos; a portaria em si; além da parte tática, no caso da necessidade da presença de um de nossos prestadores”, explica Jaekel.

Segurança é apenas uma das vantagens da portaria remota em condomínios de Curitiba
Segurança é apenas uma das vantagens da portaria remota em condomínios de Curitiba| Divulgação

Encomendas, visitas e controle de pessoas: como funciona?

Cada portaria eletrônica funciona de acordo com as regras do regimento interno do condomínio, seja de casa ou apartamentos, e muitas vezes essas regras precisam ser revistas ou adequadas, juntamente com o síndico. A Intersept faz a programação do sistema para os seus operadores atuarem conforme as particularidades de cada condomínio. E isso é totalmente respeitado e aplicado em todos os casos.

Mas no geral, ao chegar ao condomínio, o visitante aperta a campainha e conversa, via interfone, com o porteiro por meio da portaria eletrônica. Enquanto isso, o funcionário da empresa notifica o morador por interfone, telefone ou aplicativo de celular e confere se a visita/prestador de serviços é autorizado a entrar ou esperar na portaria. Tudo isso utilizando a internet ou via link. A entrada e saída de moradores pode ser feita via biometria e controlada por câmeras na portaria e áreas de circulação.

Em alguns casos, como nos serviços da Intersept, o sistema funciona sempre via link ponto a ponto, ou seja, não há interferência na transmissão da base para a portaria, o que aumenta a agilidade e a segurança dos serviços. Além disso, ela sempre é realizada em parceria com o zelador. A portaria remota fica responsável pelas entregas de comida e outros, e o zelador por receber correios e encomendas.

Quanto custa essa tecnologia de portaria remota em Curitiba?

Em alguns empreendimentos mais modernos, na planta da construção já é prevista a portaria remota, porém, em condomínios que possuem outros tipos de portaria, também é possível instalar e utilizar essa comodidade. O custo depende de vários fatores, como número de unidades, tipo de equipamentos a serem instalados, serviços contratados, entre outros, e deve ser contratado pelos síndicos dos condomínios.

Porém, Jaekel explica que em termos de economia de custos, a portaria remota é perfeita. “No caso de um condomínio de 10 apartamentos ou casas, se o custo de uma portaria já incluindo tudo fica em torno de R$ 20 mil, com a portaria remota ele cai para cerca de R$ 7 mil”, finaliza.