Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
Banco de Ração começa a funcionar em Curitiba e destina 25 toneladas a ONGs e protetores
| Foto: Instituto Fica Comigo / Colaboração

O Banco de Ração começou a funcionar em Curitiba em setembro. Mensalmente, uma empresa contratada pela prefeitura irá destinar alimento para cachorros abrigados em ONGs de proteção animal, para protetores que fornecem lar temporário para bichos resgatados pela administração municipal em situações de maus-tratos e também para famílias em vulnerabilidade social. Para isso, todos precisam se cadastrar na Rede de Proteção Animal, que irá selecionar todo mês quem serão os beneficiários.

RECEBA notícias de Curitiba e região em seu Whatsapp

Somando o repasse de ração dos meses de setembro e outubro, o montante já soma aproximadamente 25,3 toneladas, sendo 12,8 toneladas em setembro e 12,5 em outubro, de acordo com dados da Rede. A entrega do benefício de novembro está prevista para a segunda quinzena do mês.

A empresa que venceu a licitação feita pela prefeitura de Curitiba é a Special Dog. Até o fim do contrato de patrocínio, com validade de dois anos, 100 toneladas de ração serão encaminhadas para ONGs, protetores e famílias carentes.

A gestão desse banco, o armazenamento do alimento dos animais, a divisão entre os beneficiários e a distribuição da ração ficam a critério da Rede de Proteção Animal. A empresa repassa as rações em troca de publicidade, ou seja, o município não vai desembolsar dinheiro para comprar o produto.

No mês de setembro, o banco repassou as rações para oito ONGs. Já na atual etapa do projeto, do mês de outubro, o banco repassou rações apenas para os 48 protetores que dão lares temporários aos animais resgatados pela prefeitura em situação de maus-tratos que possuem parceria com a prefeitura.

"Devido à quantidade de ração que temos, a Rede seleciona os beneficiários mês a mês. Por isso, a partir de outubro, vamos priorizar os lares temporários que têm parceria com a prefeitura", explica Edson Evaristo, zootecnista da prefeitura de Curitiba.

Cadastro

Para quem tiver interesse de receber a ração nesse projeto e se encaixa nos perfis citados anteriormente, deve verificar se o seu cadastro na Rede de Proteção Animal está atualizado. Após isso, deve manifestar o interesse em receber a ração pelo e-mail protecaoanimal@smma.curitiba.pr.gov.br. Uma vez feito isso, não é necessário que o beneficiário faça a solicitação todo o mês.

Já pessoas que ainda não têm cadastro de protetor independente, bastante fazê-lo no site da Rede de Proteção Animal e entrar em contato pelo mesmo e-mail. Famílias em condição de vulnerabilidade social também podem solicitar a ração pelo mesmo canal.

No momento, as rações repassadas são para cachorros, devido ao contrato com a Special Dog. No entanto, o banco também aceita doações para todos os animais de pessoas jurídicas e físicas. Interessados em fazer a doação de ração também devem entrar em contato por meio do e-mail protecaoanimal@smma.curitiba.pr.gov.br.

Banco de Ração repassa doação para ONG

Com 318 animais abrigados, a Instituto Fica Comigo, utiliza quase 4 toneladas com ração por mês. Para manter todos os animais, além do Banco de Ração, a organização conta com doações e eventos beneficentes. Na primeira retirada, em setembro, a Fica Comigo fez parte de um grupo de oito ONGs que receberam a ração (Amigo Animal, Salva Bicho, Projeto Ajudei, Adote com Consciência - Curitiba, Amigo Guaipeca, Sociedade Protetora dos Animais de Curitiba e Amigos dos Animais de Curitiba). Todas receberam 1600 kg de ração na primeira entrega.

“Toda ajuda é bem-vinda e isso faz uma grande diferença para nós, que pagamos do próprio bolso na maioria das vezes para manter os animais”, conta a responsável pela ONG, Carla Negochadle.

Para doar ração ao Instituto Fica Comigo, os interessados podem deixar na Casa do Produtor, na Rua Engenheiro Rebouças, 1826 - Rebouças, ou no Pet Shop Rei dos Animais, na Rua XV de Novembro, 3188 - Alto da XV. A ONG também recebe doações durante as feiras de adoção todos os sábado, em ambos os lugares.

2 COMENTÁRIOSDeixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]