Seu app Gazeta do Povo está desatualizado.

ATUALIZAR

PUBLICIDADE

copa na escola

Estudantes de Curitiba viram figurinhas e criam o próprio álbum da Copa

Alunos da UEI Santa Ana Mestra trocam figurinhas deles mesmos. Cada classe é uma seleção

  • Gazeta do Povo
Crianças da UEI Santa Ana Mestra, no Campo de Santana, são os craques das figurinhas do  álbum | Divulgação prefeitura de Curitiba
Crianças da UEI Santa Ana Mestra, no Campo de Santana, são os craques das figurinhas do álbum Divulgação prefeitura de Curitiba
 
0 COMENTE! [0]
TOPO

A garotada de uma Unidade de Educação Integral (UEI) - espaço de reforço pedagógico da rede municipal - no bairro Campo de Santana, em Curitiba, virou figurinha da Copa do Mundo. Aproveitando o gancho do Mundial na Rússia, os próprios alunos do UEI Santa Ana Mestra montaram álbuns com fotos deles mesmos como figurinhas. Além da diversão, o objetivo é estimular a prática de leitura e a resolução de problemas entre as classes.

“As crianças estão empolgadas e o trabalho já demonstra excelentes resultados. Eles interagem em grupo, valorizam os colegas e a equipe da unidade”, afirma a professora Luciane Ribeiro da Rosa, que propôs a atividade.

- Leia mais - Feiras de Inverno no Centro de Curitiba vão até sábado. Aproveite!

No total, foram impressas 1.500 figurinhas e oito álbuns, um para cada turma da escola. São 174 figurinhas para completar o álbum, sendo 155 dos estudantes e 19 dos professores e funcionários. Os cromos foram impressos em papel fotográfico adesivo e cada turma é como se fosse uma seleção.

/ra/pequena/Pub/GP/p4/2018/07/10/Curitiba/Imagens/Vivo/00232447.jpg
Professores e funcionários também viraram figurinhas na UEI Santa Ana Mestra. Divulgação Prefeitura de Curitiba

“O projeto estimula muitas habilidades cognitivas e emocionais, trabalhando com a sequência ‘começo, meio e fim’, que têm obstáculos geradores de frustrações e que precisam ser ultrapassadas”, explica a articuladora pedagógica da UEI, Rita de Cássia de Carvalho Pereira.

Conteúdos curriculares também fazem parte da iniciativa e auxiliam os estudantes nas questões de leitura, operações matemáticas, raciocínio, estratégia, cooperação e interação. “É legal que assim você conversa com os colegas das outras turmas, aprende mais com a troca das figurinhas e se sente um atleta importante”, afirma Maria Isabel Bispo, 9 anos, ao site da prefeitura.

Álbum da Copa da UEI Santa Ana Mestra

o que você achou?

8 recomendações para você

deixe sua opinião

PUBLICIDADE

mais lidas de Curitiba

PUBLICIDADE