DAniel teve passagem pelo Coritiba em 2017. | Hugo Harada/Gazeta do Povo
DAniel teve passagem pelo Coritiba em 2017.| Foto: Hugo Harada/Gazeta do Povo

O meia Daniel, 24 anos, que jogou no Coritiba em 2017, foi encontrado morto na manhã de sábado (27), em um matagal na área rural de São José dos Pinhais, região metropolitana de Curitiba. Daniel Corrêa Freitas foi torturado e teve o pênis decepado. A polícia já descarta um possível latrocínio – roubo seguido de morte. Segundo o Instituto Médico Legal (IML) de Curitiba, a causa da morte foi ferimento por arma branca.

Natural de Juiz de Fora, Minas Gerais, Daniel foi revelado pelo Cruzeiro, mas iniciou a carreira no Botafogo. Depois, passou por São Paulo, com quem ainda tinha contrato, e foi emprestado ao Coxa, Ponte Preta e São Bento, time que defendia atualmente. Pelo Alviverde, na temporada passada, disputou apenas seis jogos, devido a lesões crônicas no joelho, que o atrapalhou nos últimos anos.

- Leia também - Boatos de ataques a bares LGBTs de Curitiba se espalham na internet

No entanto, na passagem pelo Coritiba deixou amigos e na última sexta-feira (26) esteve em Curitiba comemorando um aniversário em uma casa noturna. Depois de lá, saiu para continuar as comemorações em uma residência, de onde saiu na manhã de sábado e desde então não foi mais visto.

Nas redes sociais, Coxa, São Paulo e Botafogo lamentaram a morte do ex-atleta. O São Bento também emitiu uma nota oficial sobre o caso.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]