093334

Seu app Gazeta do Povo está desatualizado.

ATUALIZAR

PUBLICIDADE
  1. Home
  2. Curitiba
  3. Fiat Uno soma multas e dívidas 4 vezes maior do que o próprio valor do veículo

DÍVIDA QUILOMÉTRICA

Fiat Uno soma multas e dívidas 4 vezes maior do que o próprio valor do veículo

Prefeitura de Curitiba apreendeu nos últimos dias sete carros que somam R$ 370 mil em débitos

  • Gazeta do Povo
Fiat Uno que vale R$ 18 mil tem R$ 77,7 mil em multas e impostos atrasados. | Valdecir Galor/SMCS
Fiat Uno que vale R$ 18 mil tem R$ 77,7 mil em multas e impostos atrasados. Valdecir Galor/SMCS
 
0 COMENTE! [0]
TOPO

Sete veículos apreendidos nos últimos dias em blitzes da Superintendência Municipal de Trânsito (Setran) em Curitiba somam quase R$ 370 mil em multas e impostos inadimplentes. Os débitos de cada um são mais do que o dobro do valor de venda dos próprios carros.

O campeão é um Fiat Uno guinchado com R$ 77,7 mil em infrações de trânsito. O valor é praticamente quatro vezes maior do que o valor de venda do automóvel, R$ 18 mil. Já uma picape Corsa guinchada quarta-feira (10) em uma blitz na Rua Mariano Torres, no Centro, soma R$ 54 mil entre infrações de trânsito e IPVA atrasado. A maior parte das multas do Corsa é por estacionamento irregular. “Há proprietário entre esses carros apreendidos que não recolhia IPVA há 10 anos”, enfatiza o secretário municipal da Defesa Social e Trânsito, Guilherme Rangel.

Outro veículo flagrado em blitz, um Chevrolet Classic, somava R$ 55 mil em dívidas. Deste valor, R$ 50, 2 mil são só de infrações de trânsito cometidas entre 2012 e 2018, incluindo falar ao celular, dirigir acima do limite de velocidade, estacionar em vaga de idoso e sobre a faixa de pedestre, além de circular pela faixa exclusiva de ônibus e bloquear cruzamentos. Além disso, o IPVA não era pago desde 2014.

- Leia também - Prefeitura busca ladrão que pode ter se contaminado com HIV ao arrombar deparamento de inectologia

Mas o que mais chama a atenção do Classic é que a maior parte das multas são de estacionamento sem o talão do EstaR. O motorista levava multas seguidas na mesma rua ou adjacências em vários dias consecutivos. O motorista chegou a receber de duas a três infrações por estacionamento irregular no mesmo dia várias vezes.“Isso aconteceu entre 2016 e 2017, período no qual a prefeitura estava sem o serviço de guincho. Hoje, uma segunda autuação no mesmo dia, por este tipo de estacionamento irregular, já acarreta a remoção direta do veículo da via pública”, explica Rangel.

- Veja mais - Cavalos de raça aparecem mortos em rodovia na região metropolitana de Curitiba

Excesso de velocidade

Já um Gol ano 2011 tem R$ 50 mil em infrações, em especial excesso de velocidade. Só em 2018, foram 36 registro de infração desta natureza. O veículo chegou a ser multado três vezes em lombadas eletrônicas por excesso de velocidade em um único dia. Na maioria das vezes, o motorista passava com frequência em vias que frequentemente registram acidentes graves, como a Linha Verde e a Avenida das Torres.

Os sete veículos apreendidos estão no pátio da Setran no bairro Fazendinha. Para retirar os veículos, os proprietário terão que quitar todos os débitos. Se os proprietários não pagarem os débitos em 60 dias a partir dos recolhimentos no pátio, os veículos irão para leilão e os proprietários serão incluídos na divida ativa do município.

8 recomendações para você

deixe sua opinião

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE