i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
na virada do ano

Irmãos gêmeos nascem em anos diferentes em hospital de Curitiba

Parto foi muito próximo à virada do ano fez com que menino nascesse em 2017 e a menina em 2018

  • PorAngieli Maros
  • 02/01/2018 15:23
Michele, a mãe, com Samuel e Sara | Leticia Akemi/Gazeta do Povo
Michele, a mãe, com Samuel e Sara| Foto: Leticia Akemi/Gazeta do Povo

Uma diferença inferior a 25 minutos foi suficiente para fazer com que os irmãos gêmeos curitibanos Samuel e Sara nascessem em anos diferentes. A mãe, Michele Ferreira Maciel Ribeiro, de 28 anos, deu à luz ao casal na maternidade do Hospital de Clínicas da UFPR neste fim de ano. Entrou em trabalho de parto no início da manhã do dia 31 de dezembro e o que era brincadeira entre médicos e enfermeiros acabou se tornando verdade.

Veja fotos dos bebês

“O pessoal brincava que um iria nascer antes, dez para a meia-noite, e outro depois da meia-noite. Eles riam e eu falava que não, que não ia levar tanto tempo assim entre um e outro. E foi mesmo”, conta a mãe, ainda surpresa com o que aconteceu.

As médicas repediatras Caroline Ebertz (esq) e Graziella Pinaffi seguram Sara (esq.) e Samuel logo após o nascimentoDIvulgação/Complexo Hospital de Clínicas

O pequeno Samuel foi o mais adiantado. Nasceu às 23h44 do dia 31 pesando 2,9 quilos e medindo 48 centímetros. Já Sara veio às 00h06 de 1º de janeiro com 47 centímetros e 2,7 quilos. Com nomes bíblicos escolhidos a dedo, chegaram com a maior bênção que os pais esperavam: esbanjando saúde, em um parto normal após 38 semanas de gestação — uma semana adiantados em relação à previsão inicial, mas, mesmo assim, em um tempo ótimo para uma gestação de gêmeos.

“38 semanas para uma gestação gemelar é até muito bom.Geralmente, se são gêmeos, eles nascem um pouquinho prematuros por causa da hiperditensão da barriga. Mas eles não. Nasceram chorando, respirando bem, não precisaram ir para a UTI”, relata a médica Lara Nahar Barbosa, chefe no plantão de obstetrícia do HC no dia do parto de Sara e Samuel.

Leia também: Duas apostas do Paraná estão entre as 17 que levam o prêmio da Mega da Virada

As chances de dispensar a cesárea já fazia parte do plano por causa das boas condições da gravidez. Por isso, Michele, já mãe de Davi, de 4 anos, foi preparada para o hospital. “Foi o domingo todo de trabalho de parto. Não foi fácil mesmo, fiquei com medo. Mas passou e está tudo bem”, afirma a mãe. “Agora, lá em casa, vai ser sempre noite para comemorar três vezes: o aniversário do Samuel, o ano-novo e o aniversário da Sara”, adianta, entre risos, Michele — que, se tudo der certo, volta para casa já nesta quarta-feira (3).

  • Samuel e Sara: diferença de menos de 25 minutos no horáriode nascimento fez com que ele nascesseem 2017 e ela, em 2018
  • Michele, a mãe, deu à luz aos bebês com parto natural
  • Parto foi no Hospital de Clínicas da UFPR. Samuel nasceu às 23h44 do dia 31 de dezembro, e Sara, a 00h06 do dia 1 de janeiro
  • Tiago Ribeiro (pai), Michele Ribeiro (mãe) e os bebês Samuel e Sara
Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 0 ]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.