Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
Menina chegou a ser socorrida pela ambulância do Siate, mas não resistiu aos ferimentos causados pelo martelo.
Menina chegou a ser socorrida pela ambulância do Siate, mas não resistiu aos ferimentos causados pelo martelo.| Foto: Aniele Nascimento / Gazeta do Povo

Uma menina de 12 anos morreu terça-feira (4) ao ser agredida com um martelo pelo irmão de 14 anos, em São José dos Pinhais, na região metropolitana de Curitiba. A criança, que teve perda de massa encefálica, morreu a caminho do Hospital do Trabalhador ainda na tarde de terça.

RECEBA notícias de Curitiba e região em seu WhatsApp

O adolescente teria agido de forma descontrolada ao brigar com a irmã, na volta da escola, depois de um possível surto psicológico. A mãe também foi agredida por ele. O caso ocorreu por volta de meio-dia, no apartamento da família, que fica no terceiro andar de um condomínio no Centro de São José dos Pinhais. Depois das agressões, o adolescente tentou pular pela janela do apartamento e caiu, quebrando a perna.

Socorro

A menina chegou a ser encaminhada pela ambulância do Siate ao Hospital do Trabalhador, mas não resistiu aos ferimentos. O adolescente agressor e a mãe foram levados para o Hospital Evangélico. Ele quebrou a perna e teve outros ferimentos graves, mas não corre risco de morrer. A mãe se feriu levemente.

“A mãe estava muito abalada dentro da casa. Parecia em choque. A irmã recebeu uma martelada na cabeça que causou um ferimento profundo. O menino não se lembrava do que tinha feito. É possível que ele tenha tido um surto”, disse o tenente Rafael Lechinhoski do Corpo de Bombeiros.

No local, os socorristas disseram que os vizinhos não tinham relatos de algum comportamento anormal da família. “Isso não nos permite saber exatamente o que houve, como a briga começou”, relata Lechinhoski.

5 COMENTÁRIOSDeixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]