i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
Friaca

Por que Curitiba é a capital mais fria do Brasil?

O curitibano sente na pele, mas há uma série de explicações científicas que justificam o porquê da cidade ser mais fria do que Porto Alegre, por exemplo

  • PorAngieli Maros e Durval Ramos
  • 21/05/2018 19:37
| Marcelo Andrade/Gazeta do Povo
| Foto:

A chegada do frio a Curitiba veio acompanhada de muitas piadas e memes sobre a relação da cidade com as baixas temperaturas. Nas redes sociais, basta o morador de qualquer outro estado brasileiro reclamar que começou a esfriar para que apareça um curitibano para dizer que gelado mesmo é na terra das araucárias. Uma brincadeira tão recorrente quanto verdadeira. Mas você sabe por quê?

Na verdade, há mais de uma razão que justifica por que Curitiba é a capital mais fria do país. A primeira é justamente a sua localização, já que a distância dos trópicos faz com que a incidência de raios solares seja menor nesta época do ano. Como estamos nos aproximando do inverno, a inclinação da Terra deixa toda a região Sul mais distante do Sol, o que dificulta seu aquecimento.

É por isso que os curitibanos veem menos dias ensolarados do que quem vive em Fortaleza ou Natal, por exemplo. Como os estados do Nordeste estão exatamente sobre os trópicos e muito próximos da Linha do Equador, o Sol incide com muito mais regularidade — o que justifica o calor em pleno inverno. Como Curitiba fica bem mais longe, temos menos sol e, por consequência, muito mais frio.

A altura do frio

Só que essa não é a única razão. Se fosse apenas a distância dos trópicos, Florianópolis e Porto Alegre seriam ainda mais geladas. E é aí que o a sua posição e o relevo passam a influenciar. A altitude de Curitiba e o fato de estarmos muito perto das praias também explicam por que a cidade é ainda mais fria que a capital gaúcha, que fica bem mais ao Sul do país.

Segundo o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), o fato de estarmos próximos ao mar e a predominância do vento do Quadrante Leste trazem umidade do oceano, o que aumenta a nebulosidade. Mais nuvens no céu também significa menos sol durante o dia — ou seja, mais frio.

A altitude de Curitiba também explica essa friaca que rotineiramente se instala sobre a região. Embora, em teoria, quanto mais perto dos polos o frio aumente, Porto Alegre está praticamente ao mesmo nível do mar, o que também influencia no clima local. Já a capital paranaense fica a uma altitude de 945 metros, o que por si só já torna tudo bem mais gelado.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 0 ]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.