Seu app Gazeta do Povo está desatualizado.

ATUALIZAR

PUBLICIDADE

falta de combustível

Prefeitura volta atrás e Greca afirma que ônibus vão circular normalmente

  • Alex Silveira, especial para a Gazeta do Povo, e Fernanda Leitóles
 | Albari Rosa/Gazeta do Povo
Albari Rosa/Gazeta do Povo
 
0 COMENTE! [0]
TOPO

Após a prefeitura de Curitiba anunciar a redução da frota de ônibus por causa da falta de combustíveis, o prefeito Rafael Greca (PMN) convocou uma coletiva e disse que não haverá mudanças no transporte por enquanto. A nova informação da prefeitura é de que os ônibus irão circular normalmente até que seja feita uma avaliação nos estoques de combustível. A administração disse ainda que o prefeito busca uma solução para evitar o desabastecimento.

“Vamos lutar com toda a força para evitar qualquer paralisação do transporte. Os 2.285 ônibus, locais e metropolitanos, das 9 cidades atendidas, deve continuar funcionando”, afirmou Greca.

Leia também: Já falta combustível nos postos de Curitiba por causa da greve dos caminhoneiros

Por meio das redes sociais, o Sindicato das Empresas de Ônibus de Curitiba e Região Metropolitana (Setransp) confirmou que vai seguir a orientação do prefeito e que não vai haver redução da frota.

“O prefeito de Curitiba, Rafael Greca, solicitou às empresas que seja mantida a operação normal, sem redução de frota, como a Urbs havia determinado. As operadoras vão cumprir o pedido do prefeito e seguem em contato direto com o poder público em busca de soluções para o problema da falta de combustíveis devido ao protesto dos caminhoneiros”, informou o Setransp.

Veja também: Protesto bloqueia Linha Verde e causa desvio de ônibus

Mais informações em breve.

8 recomendações para você

deixe sua opinião

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE