Blindado triturou 1.220 armas no quartel do Boqueirão. | Aniele Nascimento/Gazeta do Povo
Blindado triturou 1.220 armas no quartel do Boqueirão.| Foto: Aniele Nascimento/Gazeta do Povo

O Exército destruiu na manhã desta quarta-feira (13) no quartel do Boqueirão, em Curitiba, 1.220 armas apreendidas pela polícia que estavam armazenadas em fóruns de Justiça em todo o Paraná. Com a destruição desta quarta, a 5ª Região Militar, da qual o 5º Grupo de Artilharia de Combate Autopropulsado, no Boqueirão, faz parte, atinge 20 mil armas de fogo destruídas recolhidas nos estados do Paraná e Santa Catarina desde o início do ano. Só no Paraná, o Tribunal de Justiça encaminhou mais de 12 mil armas e 86 mil munições à 5ª RM de todas as 161 comarcas do estado.

Vídeo - assista ao tanque triturando as armas

Fotos - veja imagens do blindado no quartel do Boqueirão

Para destruir as armas, foi usado um veículo blindado que passou por cima dos equipamentos. Esse primiero processo com o tanque de guerra faz com que o armamento fique inutilizável. Em seguida, os elementos que compõem os objetos foram separados, isolando materiais como cobre, plástico e ferro, por exemplo. Uma parte desse material foi encaminhada para reciclagem e outra parte foi levada para incineração.

Fuzis estavam entre as armas destruídas pelo Exército. Aniele Nascimento/Gazeta do Povo

As armas destruídas foram recolhidas a partir de ações judiciais. Após ser usado como prova de crimes, o armamento perde a função judicial e foram liberados para destruição. As armas destruídas eram de vários calibres - de revólveres calibre 38 à fuzis.

A medida foi executada para cumprir uma determinação do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), que estabelece que as armas em fóruns devem ser encaminhadas para destruição pelo menos duas vezes ao ano. O objetivo é garantir que o armamento não volte a circular - o que pode acontecer por causa de furtos e roubos, por exemplo.

Colaborou: Cecília Tümler

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]