i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
Internet

Brasileiros migram para conexão rápida

  • PorFolhapress
  • 03/06/2010 21:18

São Paulo - As conexões de internet no Brasil são caras e lentas, mas, aos poucos, os brasileiros começam a migrar para pacotes que oferecem velocidades mais elevadas. É o que mostra a última pesquisa do Ibope Nielsen Online.

Os dados indicam que, em abril, 57,3% dos internautas brasileiros ativos já navegavam acima de 512 Kbps. Em janeiro, somavam 54,1%. Essa velocidade é a definida como mínima pelo Plano Nacional de Banda Larga (PNBL), que pretende conectar 68% dos domicílios do país até 2014.

Internauta ativo é aquele que usa a internet pelo menos uma vez por mês de sua residência. Em abril, eles totalizaram 28,7 milhões no país, número que praticamente não sofreu alteração desde janeiro.

José Calazans, analista de mídia do Ibope, afirma que esse movimento revela uma "nítida migração para pacotes de internet mais rápida". Entre janeiro e março, a participação dos internautas com conexão entre 512 Kbps e 2 Mbps passou de 41,3% para 43,8%. Por sua vez, a participação dos usuários com conexão entre 2 Mbps e 8 Mbps cresceu de 9,8% para 10,3%. Acima desse limite não houve alteração na quantidade de internautas.

Preço

Analistas acreditam que a maior competição entre as empresas de internet tem provocado a queda de preço dos pacotes com velocidades entre 1 Mbps e 8 Mbps. Em parte, isso explicaria a mudança dos internautas.

Um exemplo: em estados onde a GVT passou a competir com a Oi, como Bahia e Minas Gerais, houve maior adesão a planos acima de 3 Mbps. Antes a Oi só oferecia pacotes com 1 Mbps, e a GVT entrou com planos acima de 3 Mbps.

Além disso, independentemente da qualidade e do custo da internet, os brasileiros estão entre os que mais tempo passam conectados à rede, segundo a consultoria americana Akamai. É justamente nos pacotes com velocidade superior a 8 Mbps que estão os internautas brasileiros que mais tempo ficam conectados. Em média, eles passaram 47 horas on-line em abril. A média nacional foi de 43 horas.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 0 ]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.