• 23/02/2021 19:30
Petroleira

Conselho da Petrobras autoriza convocação de assembleia para mudar o comando da empresa

  • 23/02/2021 19:30
    • Estadão Conteúdo
    Ações de Petrobras derreteram após o anúncio de mudança no comando da estatal feito pelo presidente Jair Bolsonaro.
    General Joaquim Silva e Luna foi indicado pelo presidente Jair Bolsonaro para o comando da Petrobras.| Foto: Mauro Pimentel/AFP

    O Conselho de Administração da Petrobras aprovou nesta terça-feira (23) a convocação de uma Assembleia Geral Extraordinária (AGE) para votar a substituição de Roberto Castello Branco na presidência da estatal pelo general Joaquim Silva e Luna, atual diretor-presidente brasileiro da Itaipu Binacional. A convocação foi aprovada por maioria de seis votos — apenas os conselheiros Rodrigo Mesquista e Leornado Antonelli votaram contra. Se o nome do general for aceito pelos acionistas, o próximo passo é fazer uma nova reunião do conselho e analisar o nome do general para o cargo de presidente da Petrobras.

    Castello Branco concordou em permanecer no cargo apenas até o conselho referendar ou não a indicação do presidente Jair Bolsonaro. Nesta quarta-feira (24), a petroleira deve divulgar lucro no quarto trimestre, um trunfo que Castello Branco guarda na manga para mostrar que vinha comandando bem a recuperação da empresa. O  lucro pode chegar a R$ 13 bilhões entre outubro e dezembro, como prevê o UBS. No dia seguinte, será a vez de apresentar ao mercado os resultados da companhia em 2020.

    Depois de perder quase R$ 100 bilhões em valor de mercado, os papéis da estatal se recuperaram nesta terça-feira do tombo dos últimos dois pregões. As ações preferenciais terminaram com alta de 12% e as ordinárias de quase 9%.

    Tudo sobre:

    Comentários [ 0 ]

    O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.