Seu app Gazeta do Povo está desatualizado.

ATUALIZAR

PUBLICIDADE
  1. Home
  2. Economia
  3. Colunistas
  4. Talento em Pauta
  5. Falta de reconhecimento no trabalho
Talento em Pauta

Talento em Pauta + VER MAIS COLUNISTAS

Talento em pauta

Falta de reconhecimento no trabalho

  • BERNT ENTSCHEV – coluna@debernt.com.br
 
0 COMENTE! [0]
TOPO

Não sei se dinheiro não traz felicidade, mas, se traz, não mantém ninguém feliz por muito tempo. Engana-se quem pensa que as pessoas trabalham apenas por causa do dinheiro. Claro que o aspecto financeiro é importante, porém pergunto: é o suficiente para lhe manter motivado? Para responder a essa pergunta, farei outra: você consegue dar o máximo de si num emprego em que não é reconhecido? Acredito que não.

Desempenho, felicidade e ritmo de produção são fatores que sempre estiveram muito ligados ao clima organizacional. Portanto, gestores, se vocês não querem perder um de seus talentos na empresa, minha dica é que comecem a valorizar os seus funcionários, pois apenas pagar o salário não é mais suficiente.

Cada empresa possui a sua estratégia de retenção de talentos. Algumas oferecem planos de benefícios e bônus no trabalho, planos de carreira e programas de desenvolvimento individual. Outras optam por motivar seus funcionários com um clima organizacional agradável e bom relacionamento entre chefe, subordinados e colegas. Todas essas ações são eficientes, porém não são suficientes para manter um funcionário realmente motivado e realizado com o trabalho que faz.

Mesmo havendo inúmeros benefícios e ótimo relacionamento entre a equipe, se o funcionário não for reconhecido pelo trabalho que faz, ele não será motivado para melhorar (ainda mais) seu desempenho, se aprofundar nos assuntos profissionais ou buscar novos conhecimentos. É só refletir: qual a graça em trabalhar e obter ótimos resultados se você nunca é reconhecido por eles? Nenhuma. Ninguém se sente motivado a dar o melhor de si se não recebe nem um elogio em troca. Maslow já dizia que o ser humano precisa de autoestima, reconhecimento e respeito dos outros. É uma necessidade da natureza do homem, e sem ela o desempenho de qualquer profissional não é o mesmo.

Reconhecimento e valorização estão relacionados com autoestima. Um profissional que não é valorizado pelo seu trabalho, não recebe um elogio, um feedback positivo ou qualquer tipo de reconhecimento profissional, provavelmente, após certo período de tempo na empresa, sofrerá uma perda na motivação. Isso fará também seu trabalho perder qualidade e até mesmo o interesse pela profissão diminuir.

Os gestores precisam ficar atentos aos seus talentos. O pensamento "ele não fez mais que sua obrigação" ainda é muito comum, infelizmente. É inegável, o funcionário está ali para desempenhar sua função com qualidade. Porém, quando alguém realiza um bom trabalho, nada mais justo que receber um elogio (por mais simples que seja) ou feedback. Isso faz a diferença ao realizar trabalhos de semelhante ou superior complexidade no futuro. Portanto, fica a dica para os chefes de equipes: preste atenção às tarefas de seus funcionários e perceba a importância e empenho na contribuição de cada um deles.

O reconhecimento e a valorização do profissional implicam diretamente os resultados individuais e coletivos da empresa. Sem o reconhecimento, muito dificilmente existirá motivação, porém ele por si só também não é suficiente. É preciso que exista um conjunto de fatores emocionais e financeiros determinantes no bem-estar e motivação do profissional na empresa.

Reconhecer significa creditar um mérito e sentir-se grato por ele. Reconheça o bom desempenho e as conquistas da sua equipe e mostre aos seus subordinados que são reconhecidos pelos resultados atingidos. Ao fazer isso, você transmitirá confiança e consideração e mostrará à equipe o quanto ela é importante para a empresa. Essas atitudes são o combustível para a produtividade e sem elas, a equipe para de funcionar.

8 recomendações para você

deixe sua opinião

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE