A confiança entre os consumidores e as empresas da zona do euro caiu para o nível mais baixo em quase três anos em agosto, abaixo das previsões e sugerindo que a economia do bloco terá mais contração.

O Indicador de Sentimento Econômico da Comissão Europeia recuou para 86,1, de 87,9 em julho, o quinto mês seguido de queda e o menor patamar desde o fim de 2009. A estimativa dos economistas consultados pela Dow Jones era de declínio para 87,6.

A confiança do consumidor diminuiu fortemente, passando de -21,5 em julho para -24,6 em agosto, em linha com as previsões. No setor industrial a confiança caiu de -15,1 para -15,3, ante previsão de -15,0, e no setor de serviços a confiança diminuiu de -8,5 para -10,8.

O índice de clima para negócios subiu levemente de -1,27 para -1 21, melhor do que a estimativa de queda para -1,30. As informações são da Dow Jones.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]