i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
Socorro

Congresso dos EUA estuda novo pacote anticrise

  • PorFolhapress
  • 10/10/2008 21:58

O Congresso norte-americano pode aprovar outro pacote de auxílio financeiro e estímulo fiscal, dessa vez de US$ 150 bilhões. Os principais beneficiados seriam os governos estaduais e municipais atualmente em dificuldade para fechar as contas por conta da crise econômica e a população de baixa renda. O valor vem se somar aos US$ 850 bilhões recordes aprovados na semana passada.

Uma das medidas pode ser a eliminação temporária da necessidade dos governos estaduais de investirem suas contrapartidas no Medicaid, programa federal de saúde pública para população de baixa renda, liberando-os para pagar folhas de pagamento e evitando cortes em educação. Um dos primeiros atingidos pela crise de crédito foi o setor público.

Na semana passada, o governador da Califórnia, o republicano Arnold Schwarzenegger, veio a público dizer que pediria um empréstimo de US$ 7 bilhões para conseguir fechar as contas do ano. O estado, o mais rico do país, tem um PIB de US$ 1,8 trilhão, atrás apenas de seis países no mundo e US$ 500 bilhões maior que o do Brasil.

Naquele dia, a Câmara dos Representantes (deputados federais) votava o pacote do plano Paulson, a maior intervenção no mercado financeiro da história, e o ato foi visto por analistas políticos como uma forma de o governador pressionar os colegas de partido que ainda hesitavam em dar seu "sim".

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 0 ]

Máximo 700 caracteres [0]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Termos de Uso.