Máximo 700 caracteres [0]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Termos de Uso.

  • F

    Frank de Luca

    ± 3 horas

    "Rezo que os políticos acordam e esquecem dos seus bolsos e passam a apoiar a evolução do nossa pais. O que Guedes esta propondo e vai propor vai tornar o Brasil um dos países mais seguros, com mais apoio ao povo ,com saúde e educacao invejável etc.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • P

    Padovese

    ± 9 horas

    Maia fazendo o típico "teatrinho". Até uns meses atrás mexer no funcionalismo público era tabu, agora é essencial. E as comissões legislativas para Reforma Tributária, chegaram a alguma conclusão? Se o Governo mandasse a Reforma Administrativa e Tributária, falaria que a prioridade era a desregulamentação, como o governo mandou marco regulatório a prioridade é a Reforma Administrativa e Tributária. O Legislativo quer "ser protagonista" das Reformas do Estado, mas um cone de rodovia é mexe mais. Por outro lado o Executivo só sabe arrumar briga e quando tem uma proposta pronta guarda ela na manga. Além disso, temos um "coach" no Ministério da Economia, só palestra e resultado que é bom nada.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • A

    APJr

    ± 9 horas

    A intenção é boa, as ideias também. Problema é a oposição e o STF que - assoberbados de ganância, arrogância e inveja - não deixam o governo trabalhar !

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • J

    J L

    ± 11 horas

    Só cuidado com a chinesada.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • W

    Walter

    ± 11 horas

    Mesmo antes da pandemia, a capacidade de investimento do Estado era limitada. Agora, piorou. Somente com a entrada de investimentos privados poderemos alavancar novos negócios, emprego e renda. Para isso, a regulamentação dos setores de interesse torna-se vital, para oferecer segurança jurídica aos investidores. Não há outro caminho de o Executivo passar senão pelo Congresso Nacional. A tarefa será árdua, tendo em conta a turma do "quanto pior, melhor".

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • N

    Nilson Macan

    ± 12 horas

    Sempre o Maia travando tudo... pelo menos coloque em votação a PRISÃO EM SEGUNDA INSTÂNCIA.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

Fim dos comentários.