i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
Aplicativo

Holanda multa Uber em 10 mil euros por continuar funcionando no país

A empresa americana enfrenta problemas na Justiça na Espanha, Bélgica, Holanda e Alemanha em função dos protestos de taxistas

  • PorEfe
  • 23/01/2015 15:12
Serviço de transporte está presente em 253 cidades de 52 países | Reprodução
Serviço de transporte está presente em 253 cidades de 52 países| Foto: Reprodução

A Holanda multou nesta sexta-feira (23) em 10 mil euros a companhia americana Uber por manter funcionando o aplicativo de celular Uberpop, que coloca em contato passageiros e motoristas não profissionais, mesmo após o dispositivo ser proibido no país em dezembro do ano passado.

Esta é a primeira multa imposta diretamente à companhia, já que até agora só tinham sido penalizados os motoristas não profissionais que ofereciam o serviço, informou a emissora local "NOS".

Segundo a decisão de dezembro da justiça holandesa, cada vez que for detectado um motorista do Uber atuando no país, a companhia teria que pagar 10 mil euros, até um limite de 100 mil euros.

O Uber anunciou então que o aplicativo móvel continuaria em funcionamento e que recorreria da decisão da justiça holandesa.

A empresa americana, que está presente em 253 cidades de 52 países de todo o mundo, 19 dos quais na União Europeia (UE), enfrenta problemas na justiça na Espanha, Bélgica, Holanda e Alemanha em função dos protestos de taxistas.

O setor argumenta que o dispositivo exerce uma concorrência desleal ao oferecer um serviço remunerado de transporte com motorista privado sem precisar de licença.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 0 ]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.