Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...

O setor público brasileiro movimentou no primeiro semestre deste ano R$ 1,56 bilhão em compras públicas realizadas integralmente pela internet, segundo apuração do projeto e-Licitações, índice mensal desenvolvido por FF Pesquisa & Consultoria /estratégia pública e divulgado em parceria com a Câmara Brasileira de Comércio Eletrônico (Camara-e.net).

O volume de transações cresceu cerca de 85% em relação ao mesmo período do ano anterior, cuja movimentação foi de R$ 844 milhões. No entanto, o percentual em relação ao valor total comprado neste período online e offline ficou em 3,9%, representando uma estagnação em relação ao verificado nos últimos meses do ano anterior, com média de 4% no último trimestre de 2005.

- Percebe-se no primeiro semestre do ano que o volume de compras eletrônicas no Brasil aumentou muito em termos absolutos. No entanto fica claro um aumento de grande intensidade no gasto público, provavelmente por ser ano eleitoral. Isto gerou a estagnação em termos percentuais do índice - explica o diretor de Tecnologia da Consultoria, Galileu Vieira.

Segundo ele, as previsões indicavam um aumento maior do percentual de compras eletrônicas, fechando o ano próximo dos 10%.

- Os dados do primeiro semestre nos forçam a revisar o valor, até mesmo para os 5% do final do ano passado. Esta poderá ser a primeira vez que as compras eletrônicas não crescem em termos relativos - prevê Galileu.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]