Seu app Gazeta do Povo está desatualizado.

ATUALIZAR

PUBLICIDADE
  1. Home
  2. Economia
  3. Lobão afasta possibilidade de quebra de contrato do Equador com Petrobras

Petróleo

Lobão afasta possibilidade de quebra de contrato do Equador com Petrobras

  • Agência Brasil
 
0 COMENTE! [0]
TOPO

O ministro de Minas e Energia, Edison Lobão, procurou minimizar, nesta segunda-feira (6), declarações do presidente do Equador, Rafael Correa, que ameaçou no sábado (4) nacionalizar um campo de petróleo da Petrobras, naquele país. O campo produz 32 mil barris de petróleo por dia.

Correa teria dito que pretende expulsar a Petrobras, como aconteceu com a empresa privada Odebrecht, ameaçada de expulsão do território equatoriano, no dia 23 do mês passado, caso não a empresa não renegocie seu contrato.

Lobão disse que não acreditar em prejuízo para a Petrobras, argumentando que "entre países civilizados, como todos nós somos não há porque imaginar prejuízos provocados unilateralmente". Para o ministro, o que está havendo "é uma pequena insatisfação do governo [do Equador] com a empresa [a Petrobras], que envolve nossa obrigação de defender a questão dentro das normas internacionais".

Segundo o ministro, o governo ainda não pensou na situação como "quebra de contrato" e tudo será tratado no nível diplomático, como ocorreu com a intermediação do governo no caso da construtora Odebrecht.

"Quando o presidente de uma nação soberana faz uma manifestação assim, ela é cuidada entre países, entre representantes legítimos, no caso, através do Itamaraty, que vai manifestar o pensamento do governo", disse Lobão.

O presidente do Equador está insatisfeito com a demora da Petrobras em promover a renegociação do contrato de exploração petrolífera naquele país e teria dito que "não vamos aguentar atrasos de ninguém". O setor energético do Equador reuniu, na semana passada, diversas empresas de petróleo estrangeiras que operam no país, entre elas a Petrobras, para renegociação de contratos.

8 recomendações para você

deixe sua opinião

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE