O número de desempregados na Alemanha registrou alta em agosto, de 29.000 pessoas, anunciou a Agência Federal de Emprego, mas a taxa de desemprego permaneceu estável em 6,8%.

Mas levando em considerações as variações sazonais, o número de desempregados aumentou 9.000 em um mês, acima das previsões dos analistas, o que eleva o total de pessoas sem trabalho a 2,905 milhões.

"Os belos dias do mercado de trabalho alemão terminaram", disse Carsten Brzeski, economista do banco holandês ING, que recordou que o número de desempregados (em dados brutos) está no maior nível para o mês de agosto desde 1993.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]