i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
Taxa Tecnológica

O peso dos royalties na soja RR

  • 01/01/2006 13:11

Um dos pontos mais polêmicos na discussão sobre a soja transgênica é o pagamento dos royalties à Monsanto, multinacional detentora da tecnologia Roundup Ready (RR). Ao longo de 2005, a empresa fechou acordos com produtores de sementes de todo Brasil, que prevêem o pagamento de R$ 0,88 por quilo de soja RR utilizada. Numa saca de 50 quilos, essa taxa é de R$ 44.

Também foi acertado um sistema misto de cobrança da taxa pelo uso da tecnologia, no valor de 2% da produção final da safra, pelo uso indevido da semente RR, com o plantio de sementes não-licenciadas. A regra vale para lavouras cultivadas com sementes piratas ou então aquelas que foram salvas pelo agricultor na safra anterior.

Os produtores de semente, no entanto, podem estabelecer preços finais diferenciados aos agricultores, com descontos na parcela que retêm a título de margem e remuneração pela operacionalização do sistema de cobrança. A multinacional exige, como valor líquido e certo, R$ 0,50 por quilo de semente licenciada. Os R$ 0,38 restantes compõem uma espécie de bônus liberado pela Monsanto, que pode ou não se converter em desconto ao produtor. A cobrança da taxa tecnológica interfere no custo de produção da lavoura.

Segundo a Associação Paranaense de Produtores de Sementes e Mudas (Apasem), o Paraná gerou 28 mil toneladas de sementes transgênicas, 15% do total de 190 mil toneladas produzidas no estado na safra atual. Mas o próprio setor estima que a área cultivada será bem maior, chegando a até 45% dos 4 milhões de hectares destinados ao grão – resultado do uso de sementes piratas ou salvas. Mesmo assim, está longe do patamar já atingido por outros estados, como o Rio Grande do Sul, onde mais de 90% das lavouras são transgênicas.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 0 ]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.